CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Eventos / CARAS Inverno

Ex-BBB Beatriz diz que já fez figuração em trabalho de Jean Paulo Campos

Em encontro durante a temporada CARAS Inverno, a ex-BBB Beatriz conta para Jean Paulo Campos que trabalhou como figurante em trabalho que ele fez

por Priscilla Comoti

pcomoti_colab@caras.com.br

Publicado em 10/07/2024, às 17h18

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jean Paulo Campos e Beatriz - Foto: Reprodução / CARAS
Jean Paulo Campos e Beatriz - Foto: Reprodução / CARAS

A ex-BBB Beatriz Reis e o ator Jean Paulo Campos se encontraram na temporada CARAS Inverno e descobriram que possuem algo em comum no passado. Ela contou que já fez figuração em uma série na qual ele atuou quando era criança.

Bia contou que foi figurante da série Patrulha Salvadora, do SBT, e ele ficou surpreso com a revelação. "Eu ganhei 50 reais e fiz figuração. Eu lembro do Jean passando com a direção, pequenininho, e eu lá atrás”, disse ela.

Biah e Jean vão curtir as atrações da temporada CARAS Inverno em Campos do Jordão, no interior de São Paulo, nos próximos dias. Fique ligado nas redes sociais da CARAS para acompanhar todos os detalhes.

Jean Paulo Campos avalia sua estreia na Globo

Em entrevista na Revista CARAS, Jean Paulo Campos contou como se sentiu ao estrear em uma novela na Globo. “Está sendo fantástico, estou muito feliz. É especial. Eu me divirto muito nas gravações e estou recebendo um feedback legal do público. O Yuri sabe muito bem porque está na faculdade, eu me identifico bastante. Se estou em algum lugar, eu mereci estar ali. Esse pertencimento é um ponto que nos aproxima", disse ele.

Logo depois, ele comentou sobre como é ser um exemplo para os jovens que querem ser artistas. "É especial para mim. É uma responsabilidade muito boa, a melhor que poderia ter. Poder ser esse exemplo me deixa muito feliz. É importante nos ver na tela, especialmente em papéis relevantes. Ver que é possível chegar lá", afirmou ele. 

Por fim, o ator avaliou como foi crescer na frente das câmeras. "Crescer com essa exposição e ter passado por isso desde pequeno, me ajudou a levar tudo de uma forma mais fácil. Se eu tivesse começado na adolescência, não sei se seria tão tranquilo. Quando eu tinha 7 ou 8 anos de idade, em Carrossel, ia pouco ao shopping, ao parque, a lugares públicos. Então, não tenho muito essa memória afetiva de andar tranquilo nos lugares. O mais chocante foi na escola. Em um dia, estava tranquilo, no outro, era o Cirilo e todos queriam fotos", comentou.