Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Esporte / Olimpíada

Samara Felippo elogia desempenho do marido em Londres: 'Leandro jogou demais hoje'

Mesmo com a derrota da Seleção Brasileira de Basquete Masculino para a Rússia no final do jogo, Samara Felippo elogia o desempenho do seu marido, o ala-armador Leandrinho, em quadra e parabeniza o time pela campanha na Olimpíada de Londres

Redação Publicado em 02/08/2012, às 17h24 - Atualizado às 17h35

Samara Felippo - Vagner Campos
Samara Felippo - Vagner Campos

Após acompanhar de perto as vitórias do basquete masculino do Brasil sobre a Austrália e o Reino Unido, Samara Felippo (33) marcou presença novamente na arena olímpica de Londres nesta quinta-feira, 2, para assistir ao vivo ao jogo da seleção nacional contra a Rússia. Em sua página oficial no Twitter, a atriz relatou passo a passo a sua chegada ao local, onde também foi entrevistada por Celso Zucatelli (39) para a cobertura da Record, emissora com a qual acaba de assinar contrato.

Porém, ao contrário dos outros jogos, a torcida de Samara não foi suficiente para empurrar os atletas brasileiros para a vitória e a Rússia venceu de virada pelo placar de 59 a 53. Mesmo com a derrota, a atriz fez questão de elogiar seu jogador preferido, o ala-armador Leandrinho (29) – com quem é casada desde 2009 e tem uma filha, Alícia (3) – e o defendeu das críticas divulgadas na internet.

“Se ele joga muito é mito, se perde a última cesta é vilão! Leandro jogou demais hoje! E é meu herói! Todo time jogou demais! Sorte é sorte!”, declarou no microblog. “Parabéns ao basquete masculino! #Unidosporumsonho #olimpíadas2012. Parabéns meu amor! Você é f*da!”.

Leandrinho foi o cestinha brasileiro do jogo, com 16 pontos.

O próximo jogo da Seleção Brasileira de Basquete Masculino na Olimpíada de Londres será no sábado, 4, contra a China.

Após o evento esportivo, Samara volta ao Brasil e começa a gravar a minissérie José – De escravo a governador, da Record.