Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Esporte / caso encerrado!

Polícia decide não indiciar Neymar Jr. em acusação de estupro e agressão

Polícia conclui inquérito e não indicia Neymar Jr. por estupro e agressão

CARAS Digital Publicado em 30/07/2019, às 07h54 - Atualizado às 08h07

Neymar Jr. - Getty Images
Neymar Jr. - Getty Images

Na tarde desta segunda-feira, 29, após meses de apuração, a polícia decidiu não indiciar Neymar Jr.pelas acusações de estupro e agressão. 

A decisão foi concluída pela delegada Juliana Lopes Bussacos, titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher. 

O jogador de futebol havia sido acusado pela modelo Najila Trindade, que afirma ter sido abusada pelo atacante no dia 15 de maio, durante uma viagem a Paris. 

No depoimento, a vítima afirmou que o atleta ficou agressivo e manteve relação sexual sem consentimento. 

Na época, Neymar veio a público, expôs as conversas particulares que teve com a mulher e afirmou ser inocente de todas as acusações. De acordo com ele, se tratou de um caso de estelionato.