Neymar Jr relembra conquista do Ouro Olímpico: ''O gol ficou pequeno e o goleiro ficou gigante''

Jogador foi um dos principais atuantes da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2016

CARAS Digital Publicado quarta 20 março, 2019

Jogador foi um dos principais atuantes da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 2016
Craque recordou os instantes até a batida do pênalti contra a Alemanha - Divulgação

Neymar Jr está em um ano mais do que especial de sua carreira profissional. Completando dez anos de carreira, o astro tem disponibilizado em seu site alguns instantes marcantes de sua vida no universo futebolístico. Nesta semana foi divulgado um vídeo de seu pai, Neymar da Silva Santos, onde o rapaz comenta sobre como foi uma de suas principais conquistas profissionais.

Em 2016, o craque foi escolhido para ser um dos nomes de peso da Seleção Brasileira nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. O então camisa 10 e capitão foi, sem dúvidas, uma das figuras mais expressivas e experientes, responsável por chamar a responsabilidade em diversos momentos da competição, principalmente na final, a que ficou marcada em sua vida, justamente por bater o pênalti que deu o título ao Brasil.

Em um depoimento exclusivo para a plataforma, o empresário do astro contou detalhes da conversa que teve com o filho logo depois da tão sonhada medalha de ouro. Segundo ele, neste instante o orgulho que tem do garoto transbordou, afinal, sua atitude foi um tanto quanto surpreendente.

“A responsabilidade é minha do último pênalti, Neymar me disse. Se foi responsabilidade minha até agora, pai, ela também é minha até o final. Falei que tinha orgulho dele ser assim”, recorda ele.

Ainda no assunto, o jovem jogador relembrou um pouco do que se passou na sua cabeça no instante em que caminhou até a pequena área para enfrentar o goleiro alemão. Por mais que tivesse se assustado em determinado momento, ele disse que na hora que caminhou para a batida, tudo mudou e ele teve certeza que a conquista estava mais perto do que imaginava.

“Eu vou falar uma verdade para você: quando é o último e sei que preciso fazer o gol para ganharmos eu olhei...Parecia que eu não via o gol de tão pequeno que estava, mas eu vi o goleiro muito grande. Eu fui caminhando em direção ao pênalti, quando eu abaixo a cabeça peço para Deus me ajudar, me dar tranquilidade e beijo a bola. Ele me diz que depois vira, olha para o gol e é como se o gol tivesse ficado muito grande e o goleiro muito pequeno. Ele olhou e falou ‘eu vou bater ali porque não tem como ele chegar’. Aí, o gol ficou muito grande”, conta o jogador.

Último acesso: 06 Dec 2021 - 02:04:06 (315826).

Leia também

TV CARAS