esporte Jogos Olímpicos!

Em Tóquio, Marcus Tatá, técnico da seleção brasileira de handebol, fala sobre as regras sanitárias

Marcus Tatá fala sobre chegada à Vila Olímpica e preparação final para estreia nas Olimpíadas, na sexta-feira, 23

CARAS Digital Publicado quinta 22 julho, 2021

Marcus Tatá fala sobre chegada à Vila Olímpica e preparação final para estreia nas Olimpíadas, na sexta-feira, 23
Técnico da seleção de handebol fala sobre o clima em Tóquio - Reprodução / Crédito: Gaspar Nóbrega

Marcus Tatá (34), técnico da seleção brasileira de handebol, está animado para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Com estreia marcada para a sexta-feira, 23, às 21h, contra a seleção da Noruega, o profissional comentou um pouco sobre a preparação para a competição. 

- Richarlison marca três gols na estreia do Brasil na Olimpíada e Tadeu Schmidt parabeniza

Segundo Marcus, a equipe está feliz em estar respirando os ares da Vila Olímpica: "A chegada aqui foi uma mudança de ares. Existia uma expectativa muito grande de todos os jogadores e da comissão técnica por esse momento. Até porque antes de chegarmos à Vila olímpica, passamos por Rio Maior, em Portugal, depois fomos para a Alemanha e seguimos para Ota, já aqui no Japão. Estar aqui é outro clima. Os atletas já se sentem verdadeiramente dentro da competição, inseridos no ambiente olímpico. É verdadeiramente muito bom estarmos respirando os ares da Vila", compartilhou. 

O técnico também falou sobre a preparação do time que, segundo ele, foi boa até agora: "Acredito que nossa preparação até aqui foi boa. Claro que eu, como treinador, sempre quero algo mais, busco algo mais e espero algo mais. Mas isso é normal. Os treinadores sempre buscam ir além com seu grupo. Mas preciso dizer que foi tudo dentro do planejado. Disputamos um pré-olímpico, treinamos e jogamos em Portugal, disputamos torneio na Alemanha, trabalhamos em Ota", disse. 

E, emendou: "Neste período, o foco foi parte física e técnica. Nesta reta final, estamos ajustando o tático para melhorar ainda mais nosso jogo em grupo. Além disso, temos trabalhado com vídeo dos adversários e apresentando estudos bem aprofundados sobre cada um deles para que possamos jogar bem em quadra."

Marcus Tatá fala sobre o fuso horário e as regras sanitárias

- TV Globo e SporTV transmitem a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

O técnico também comentou sobre as regras sanitárias e garantiu que os atletas se adaptaram bem ao fuso horário. "Todos se adaptaram bem porque chegamos ao Japão de forma antecipada. Essa ideia de virmos alguns dias antes foi extremamente positiva, pois já chegamos à Vila completamente adaptados", explicou. 

"Em relação às regras sanitárias, posso dizer que eles estão bem rígidos, o que é necessário para o momento. Vejo o nosso grupo empenhado em cumprir tudo que nos foi passado. Estamos trabalhando para que ninguém seja contaminado", encerrou. 

Desejamos sorte para a seleção de handebol! 

Último acesso: 04 Aug 2021 - 14:46:11 (395200).

Leia também

TV CARAS