especial Exclusiva

Luiza Helena Trajano faz análise sobre maternidade:'Valores e princípios você só passa com atitude'

A empresária ainda falou sobre as causas sociais que apoia e que podem mudar a vida das mães trabalhadoras

CARAS Digital Publicado terça 4 maio, 2021

A empresária ainda falou sobre as causas sociais que apoia e que podem mudar a vida das mães trabalhadoras
Luiza Helena Trajano - Divulgação

Luiza Helena Trajano é conhecida por muitos devido seu sucesso no mundo dos negócios, mas, nesta entrevista com a CARAS Brasil, ela nos fala de seu lado mãe e como isso se integra com o trabalho.  

De forma direta, Luiza explica que não acredita em fórmula mágica quando o assunto é maternidade e que as pessoas não deveriam se cobrar tanto assim. ''Eu nunca tive a expectativa de ser a melhor mãe! De ser perfeita. Quem tiver isso sofre muito. A gente tem que dar o melhor da gente. Acredito que a maior fortuna é ter filhos comprometidos com o país, com empatia com as pessoas que têm menos e tratar todo mundo bem.''

Dentro do trabalho, a empresária cita um programa de incentivo que foi implementado para auxiliar as mulheres que possuem crianças. ''Na empresa, tem quase 20 anos o 'cheque mãe', que é para mulheres que têm filhos de até 11 anos e onze meses! Elas recebem para poder pagar a mãe, a vizinha uma escola melhor… Não importa o nível, o cheque é sempre o mesmo. Para poder ajudar a criar o filho! Pode ser desde a faxineira, alguém de serviços gerais ou a diretora da empresa.'' 

Engajada com diversas causas sociais, a empresária usou o espaço para falar de uma em especial, que acaba influenciando diretamente na vida profissional das mães trabalhadoras do Brasil.  ''Como brasileira, cidadã e presidente do grupo Mulheres do Brasil, o que eu luto é, para que cada quarteirão, principalmente os mais simples desse país, é que a mulher tenha escolas com período integral. Elas saem cedo e voltam para casa no fim da tarde, levam até três horas no transporte, as mulheres operárias,  e muitas vezes os filhos ficam sozinhos.''

Ao ser questionada sobre os valores que se orgulha em passar aos herdeiros, Luiza Helena ressaltou pontos que acha muito importantes na formação de uma pessoa. ''Uma coisa é poder ter dinheiro, outra é ter poder de crescimento! Acho que é um desafio criar filhos[...]Tive três filhos para educar em três anos trabalhando. Por um período não é muito fácil! [...] Valores e princípios você só passa com atitudes!,'' comentou. 

Com a chegada do título de avó, Trajano conta que sua visão mudou completamente em relação ao que tinha durante a maternidade. ''Eu criei meus filhos como eu fui criada! Nunca tive muita dó de filho. Aprendi o sentimento de dó com neto! Minha filha está aqui há uns dias, e se eu vejo o neto chamar pela mãe, eu já fico com uma dó! Eu tenho 6 netos e meus filhos falam: 'você me criou assim e é assim que vai ser' Então eu acabo pagando a língua,'' contou.

 

Último acesso: 11 May 2021 - 19:08:36 (387878).

Leia também

TV CARAS