Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Especial / Exclusiva

Em luta contra o câncer, Helô Pinheiro se preocupa com filho especial: ''Deixar essa vida da medo''

A eterna garota de Ipanema abriu o coração ao falar deste momento delicado

CARAS Digital Publicado em 13/09/2021, às 09h51 - Atualizado em 20/09/2021, às 10h22

Helô Pinheiro - Reprodução/ Instagram
Helô Pinheiro - Reprodução/ Instagram

HelôPinheiro entrou em uma fase delicada de sua vida após a descoberta de um carcinoma localizado na tireóide e abriu o coração durante uma entrevista com a CARASBrasil sobre como está lidando com a situação. 

Durante o papo, a eterna garota de Ipanema falou sobre o apoio que recebeu dos filhos, e como isso tem feito a diferença. ''As meninas são bem carinhosas! Estão sempre perguntando se estou precisando de alguma coisa. A Tici então, tá sempre me ligando!Mas ela ainda tem as pequenas em casa para cuidar e elas precisam muito dela. Então eu sempre falo que tá tudo ótimo e pra cuidar das meninas, que é o mais importante.  Esse carinho, essa atenção, solidifica mais a ansiedade, me deixa mais controlada'', disse. 

Além das três filhas, Ticiane, Jo e KikiPinheiro, Helô também é mãe de Fernando, que necessita de cuidados especiais e por isso Helô conta que passou a refletir ainda mais sobre todo o processo e teve medo da morte. ''Nessa hora, você tem um pouco de dúvida da sua capacidade diante da situação. Fico com muito medo! Eu tenho meu filho que depende muito de mim [...] Deixar essa vida, pra mim, dá medo'', declarou. 

Atualmente, a musa está caminhando para uma recuperação completa e deverá iniciar uma iodoterapia, procedimento indicado para pessoas que passaram pela remoção da tireóide. ''O que me deixou um pouco preocupada, foi a alimentação! Porque tira totalmente o sódio e o iodo! Então a minha comida tá insossa, né? Aquela coisa bem sem gosto de nada. Começando o tratamento e terminando uma fase de seis dias após a iodoterapia, eu posso voltar a ter uma vida mais normal'', conta.  

Aos 76 anos, a avó de RafaJustus mostra que tem muita garra de viver e pretende encarar a doença com força e luz. "Tudo que seu mestre mandar, eu vou fazer direitinho'', brincou.