Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Arquiteta ensina como planejar corretamente a iluminação de cada cômodo

A profissional explica a importância da iluminação de cada local; confira

Bruna Nastas Publicado em 22/07/2016, às 09h20

Iluminação de cada cômodo - Divulgação
Iluminação de cada cômodo - Divulgação

Ao decorar um cômodo, é importante levar em consideração a iluminação do local, que acaba proporcionando conforto e sensação de amplitude.

A arquiteta e urbanista Cyntia Sabat ensina truques de decoração para otimizar o espaço e criar um melhor aproveitamento do ambiente.

"A iluminação transforma qualquer ambiente, pois é ela que nos dá a primeira impressão do espaço e produz o conforto visual. O mesmo ambiente, ao receber luzes distintas, de forma direta ou indireta pode assumir diferentes caracteres", afirma a profissional.

Cyntia lista algumas dicas:

Hall de entrada: "A iluminação deve ser convidativa, pois é este espaço que dá a primeira impressão sobre o ambiente. Pontos de luz espalhados funcionam bem nesse cômodo".

Sala de estar: Nesse tipo de ambiente, o ideal é optar por uma iluminação aconchegante, proporcionando intimidade para poder conversar com amigos e familiares, por exemplo.

Cozinha: "De todo imóvel, a cozinha é o ambiente que mais precisa de iluminação. Luzes claras são o tipo ideal".

Banheiro: "A luz deve ser singela e fria, mas precisa facilitar ações que ocorrem no espaço, como passar maquiagem, fazer a barba, etc".

Quarto: O quarto é o ambiente que requer conforto no visual. Por isso, Cyntia alerta que a iluminação do local deve ser escolhida de maneira cuidadosa.  "O ideal é que existam lâmpadas que iluminem todo o espaço e outras indiretas, que ajudem em momentos de leitura, por exemplo".