CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Datas Especiais / EM FAMÍLIA

Xuxa se declara para filha no Dia das Mães: 'É muito fácil ser mãe da Sasha'

Em entrevista à CARAS Brasil, Xuxa Meneghel conta os planos para o Dia das Mães e faz apelo por uma educação sem violência

por Mariana Arrudas

marrudas_colab@caras.com.br

Publicado em 12/05/2024, às 16h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Xuxa Meneghel e sua filha, Sasha Meneghel - Foto: Reprodução/Instagram @xuxameneghel
Xuxa Meneghel e sua filha, Sasha Meneghel - Foto: Reprodução/Instagram @xuxameneghel

Apesar de não costumar celebrar datas comemorativas, Xuxa Meneghel (61) passa o Dia das Mães rodeada de amor. Ao lado do marido, Junno Andrade (60), da filha, Sasha Meneghel (25), e de Doralice, sua "filha de pelo", a apresentadora aproveita o dia para se declarar para a primogênita e fazer um apelo por uma educação sem violência contra as crianças.

Xuxa afirma que a melhor parte da maternidade é poder ver que criou uma pessoa saudável, educada e carinhosa com os outros. "Vejo as pessoas falando da Sasha e fico muito orgulhosa, falo sempre que ela é meu maior orgulho", começa, em entrevista à CARAS Brasil.

"Não é nem que eu não errei como mãe, mas eu acertei em ter ela como filha. É muito fácil ser mãe da Sasha, ela é um doce, é linda por dentro e por fora", completa ela, que assegura que seu maior desafio sempre foi manter a filha protegida. "O desafio é protegê-la das pessoas ruins, desagradáveis, da violência do mundo."

Leia também: 'Espero de coração que as pessoas se protejam, se ajudem', diz Xuxa Meneghel sobre tragédia no RS

Na data, a modelo também aproveita para deixar um recado especial para as mães e pais, e pede que todos criem seus filhos com respeito e sem violência. "Por favor, não levantem nunca a mão para eles, de maneira nenhuma. Não é nada fácil e é muito difícil educar um filho com conversa, sem violência. Mas é essencial."

Xuxa diz que entende a dificuldade que gira em torno da educação de uma criança, mas assegura que é importante falar pelos pequenos que ainda não sabem se defender ou sequer entendem as situações que passam no dia a dia.

"Peço que as mães e os pais tenham muito respeito pelos seus filhos e eduquem sem violência, porque violência gera violência. Não grite, não bata. Seja carinhoso, seja uma pessoa que respeite. Dar limites é uma coisa, mas usar a violência é um caminho completamente errado. Amor e violência não combinam. Como a pessoa que deveria protegê-la bate nela por amor e educação? Não existe isso."

CONFIRA PUBLICAÇÃO RECENTE DE XUXA NO INSTAGRAM: