Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Datas Especiais / Reflexão!

No primeiro Dia das Mães, Bianca Andrade reflete sobre a maternidade: "A experiência mais difícil de toda a minha vida"

Bianca Andrade postou fotos com o filho, Cris, e falou sobre as inseguranças que tem sobre a maternidade

CARAS Digital Publicado em 08/05/2022, às 15h30

No primeiro Dia das Mães, Bianca Andrade reflete sobre a maternidade: "A experiência mais difícil de toda a minha vida" - Reprodução/Instagram
No primeiro Dia das Mães, Bianca Andrade reflete sobre a maternidade: "A experiência mais difícil de toda a minha vida" - Reprodução/Instagram

Bianca Andrade(27) usou as redes sociais para falar sobre seu primeiro Dia das Mães com o filho, Cris (9 meses). 

A influenciadora digital publicou dois cliques ao lado do herdeiro, e falou sobre como passou por grandes transformações desde que descobriu que estava à espera dele. Ela também confessou que pensou como seria lidar com a maternidade e com sua empresa sem cometer erros.

"Meu primeiro dia das mães com meu nenein. Passa um filme na minha cabeça. Lembro da sensação que tive quando descobri que a partir dali, eu seria uma MÃE. E como ser a mãe ideal nos tempos de hoje? Como ser a mãe de um bebê e ser dona do seu próprio negócio, sem falhar em nenhum deles?", começou ela. 

Bianca confessou que em muitas vezes se sentiu frágil. "Com certeza essa foi a experiência mais difícil de toda a minha vida. Me perdi e me encontrei tantas vezes. Tinha dia que se quer me olhava no espelho. Era o meu filho, ou eu. Logo eu, que sempre fui tão forte, me senti frágil pela primeira vez na vida e ao mesmo tempo, olhar pra aquela coisinha tão pequena e tão minha, me dava uma força que tbm nunca tinha sentido antes. É como dizem, nasce uma mãe, nascem muitas culpas, mas também nasce um fenômeno de mulher", acrescentou. 

Em seguida, a influenciadora falou sobre sua admiração por todas as mães. "Como eu admiro as mães cada dia mais depois de me tornar uma. E é por isso que esse texto não é somente sobre o meu filho e eu, é sobre conseguir, de alguma forma, motivar outras mães a não se culparem tanto e nunca desistirem de se reencontrar. Lá em cima perguntei como seria uma mãe ideal né? Estou aprendendo que ela não existe. Cada uma sabe da sua dor e da delícia de levar essa responsabilidade que é ser mãe de alguém. Essa vivência é só sua e você tem o direito de se permitir ser a mãe que conseguir ser."

"Eu posso não conhecer a sua história, mas com certeza admiro a mãe que você é! Eu poderia te desejar um Feliz Dia das Mães, mas a verdade é que eu quero te desejar uma feliz VIDA, mãe. Se permita, sonhe, ame, dance, gargalhe, se perca, se encontre, mas não abra mão dos seus momentos de felicidade. Se tem um ser que merece feliz, esse ser é uma MÃE. Esse é o carinho que deixo para minha mãe, pra mim e todas as mães que me acompanham e nos enchem de amor. É recíproco", completou. 

Confira a publicação de Bianca: