Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Datas Especiais / Especial

Fafá celebra Dia das Mães no palco

Fafá de Belém e Mariana Belém celebraram, pela primeira vez, o Dia das Mães em cima do palco. Espetáculo, que aconteceu no parque Ibirapuera de São Paulo neste domingo, 8, contou com repertório que visitou a raiz da canção brasileira

<i>por Karen Lemos</i><br><br> Publicado em 08/05/2011, às 15h38 - Atualizado em 09/05/2011, às 08h50

Fafá e Mariana de Belém dividem o palco no Dia das Mães - Amauri Nehn/AgNews
Fafá e Mariana de Belém dividem o palco no Dia das Mães - Amauri Nehn/AgNews
Celebrando o Dia das Mães neste domingo, 8, a cantora Fafá de Belém subiu ao palco acompanhada de sua filha, Mariana Belém, no Parque Ibirapuera, em São Paulo. "O sonho de todo paulistano é poder cantar no espaço democrático do Parque Ibirapuera, estou muito nervosa", disse Fafá, minutos antes do espetáculo, à CARAS Online. Nascida em Belém do Pará, a cantora, que mora há 25 anos em São Paulo, considera-se paulistana de coração. Toda de branco, com um vestido ornado de pérolas, Fafá abriu a apresentação com Foi Assim. O público se animou, dançou e cantou muito, embora o sol estivesse escaldante. Logo após cantar Mais Que Nada, do maestro Sérgio Mendes, emendando com o hino nacional brasileiro em ritmo de samba, a cantora foi às lágrimas ao chamar 'sua bebê' Mariana ao palco. O momento emocionante - ápice do show - foi marcado pela canção Como é Grande o Meu Amor Por Você, imortalizada na voz de Roberto Carlos. As duas dividiram o microfone durante a canção e, muito emocionadas, não conseguiram segurar o choro. "Cantar no Dia das Mães ao lado de Mariana é muito emocionante! É a primeira vez que comemoramos juntas no palco, em um show muito especial, com repertório híbrido, que mistura coisas da minha carreira com a dela. É um show para as mulheres que são filhas, namoradas, noivas, esposas, mãe, trabalhadoras, brasileiras e guerreiras", acrescentou Fafá. A voz suave de Mariana contrastou com o timbre poderoso de sua mãe. Entre elogios e abraços, elas dançaram juntas e interagiram com o público, pedindo palmas e animação da plateia. "É uma emoção tão grande para minha mãe, imagina para mim", declarou Mariana, que, assim como Fafá, chegou a cantar sozinha também, revezando seus momentos solos no palco com duetos ao lado da mãe. A apresentação contou ainda com outras canções marcantes da nossa música como Ronda (uma singela homenagem à cidade de São Paulo), de Paulo Vanzolini, Roda Viva, de Chico Buarque, Paralelas, de Belchior, Lenda das Sereias, canção que ficou conhecida na voz de Marisa Monte, Bêbado e o Equilibrista, imortalizada por Elis Regina, Nuvem de Lágrimas, da dupla Chitãozinho e Xororó, Vermelho, de Chico da Silva, entre muitas outras. O espetáculo foi encerrado ao som de Trem das Onze, do grupo Demônio da Garoa, com Fafá segurando um enorme buquê de flores e desejando um feliz Dia das Mães aos paulistanos.