Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Datas Especiais / Especial

Em jantar especial, ex-BBB Jonas Sulzbach se declara para seu 'anjo da guarda'

Renan Botelho Publicado em 02/05/2012, às 09h13 - Atualizado em 07/06/2012, às 23h22

Jonas Sulzbach brinda o sucesso ao lado de sua mãe, Marlene Verruck, no Trebbiano Restaurante, em São Paulo - Foto: Vagner Campos / Produção: Carlinhos Duarte
Jonas Sulzbach brinda o sucesso ao lado de sua mãe, Marlene Verruck, no Trebbiano Restaurante, em São Paulo - Foto: Vagner Campos / Produção: Carlinhos Duarte

A ligação entre o ex-BBB Jonas Sulzbach (26) e sua mãe, a bancária Marlene Verruck (48), fica evidente para quem vê os dois juntos. “Ela é meu céu e eu sou a rocha firme dela. A gente já passou por muita coisa”, diz o Mister Brasil Mundo 2010. Em clima de Dia das Mães, ele recebeu aquela que chama de seu ‘anjo da guarda’ para um jantar especial acompanhado com exclusividade pela CARAS Online

Jonas não esconde a emoção quando sua mãe começa a falar sobre a vida deles. “Eu o amo demais. Ele não estava nos meus planos, mas só me deu alegria. Desde o dia em que eu soube que estava grávida, eu comecei a amá-lo e isso só cresceu. Quando ele nasceu foi um dos dias mais lindos da minha vida. Quando ele me chamou de mãe pela primeira vez, quando começou a ir ao colégio, a professora que ele amava na primeira série... Todos esses anos só me dando alegria”, diz Marlene, que teve o modelo com 21 anos de idade e o criou sozinha.

A carreira de Jonas também está ligada à história de sua mãe. Marlene conta que recebeu um convite para ser modelo na sua juventude e acabou recusando, mas continuou pensando no que teria acontecido caso tivesse abraçado a oportunidade. Quando seu filho atingiu a adolescência, ela ficou sabendo que o caça-talentos Dilson Stein, conhecido como o descobridor de Gisele Bündchen (31), ia passar pelos arredores de Farroupilha, onde moravam na época, e ela logo viu uma chance para Jonas. 

“Eu meio que o empurrei. Ele veio para São Paulo fazer o passeio com os selecionados, conhecer algumas agências e eu disse para ele fazer um passeio, mas articulei para ele ficar”, conta Marlene, que também é mãe de Rafael (22).

A mãe estava certa. Jonas recebeu o convite para ficar e trabalhar em São Paulo. Então, com apenas 17 anos, ele veio sozinho para capital paulista. “O momento mais marcante da minha história com a minha mãe foi o dia em que saí de casa. Eu sempre fui muito grudado nela, nunca fui de sair, de ter muitos amigos. Quando saí do meu lar, da minha casa, e vim para São Paulo com a cara e com a coragem, foi um momento difícil que eu lembro até hoje”, diz o modelo.

Há três anos, Marlene se mudou de Porto Alegre para ir morar com o filho. Desde então, eles só moraram em casas separadas quando Jonas entrou no Big Brother Brasil 12. Em tom de brincadeira, a mãe reclama: “Eu tenho saudades do tempo que ele estava na casa. Eu conseguia vê-lo todo o dia, era só ligar a televisão. Agora eu tenho que ficar esperando, o vejo uma vez por semana.”

Com a agenda lotada de trabalhos após o reality, Jonas quase não tem tempo de ver Marlene e aproveita a oportunidade do jantar para se declarar: “Minha mãe é a pessoa que me fez ser o homem que eu sou hoje. É meu anjo da guarda e eu sei que eu sou o anjo da guarda dela. A gente tem um carinho de mãe e filho, de amigo, ela é meu tudo. Nossa vida nunca foi fácil, mas tudo se resume em amor incondicional.”