Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Datas Especiais / Especial

Cássia Kiss: 'Faço tudo por meus filhos'

Vivendo mães superprotetoras no cinema e em novela, a atriz Cássia Kiss Magro conta que também se doa para os filhos, assim como suas personagens, mas tenta impor alguns limites

Redação Publicado em 30/04/2011, às 20h01 - Atualizado em 02/05/2011, às 17h07

Cássia Kiss com os filhos - ANA COLLA
Cássia Kiss com os filhos - ANA COLLA
Atraída por temáticas que envolvem laços familiares, foi fácil para Cássia Kiss entender e adentrar no universo de Dulce e de Dona Sonia, suas personagens, respectivamente, na novela Morde & Assopra e no filme Bróder, de Jeferson De, atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros. Ambas apresentam em sua personalidade uma proteção maternal que se reflete muito no cotidiano familiar da atriz. "O filme 'Bróder' discute um tema que eu adoro, que é a família. Eu tenho família e sei o quanto dá trabalho cuidar de uma (risos). O filme fala desse assunto de forma muito bonita", contou Cássia a CARAS Online. Na obra, Dona Sonia é mãe do protagonista Macu (Caio Blat), que se envolve com a criminalidade na periferia de São Paulo. Vendo o filho trilhar um caminho errado, a mãe acaba sofrendo em silêncio, porém jamais abre mão do herdeiro. Algo parecido acontece com Dulce em Morde & Assopra. Humilde, ela batalha duro para pagar os estudos em medicina do filho Guilherme (vivido pelo ator Klebber Toledo) no Rio de Janeiro. Ao invés de mergulhar nos livros, o rapaz está sempre fugindo para festas, praias e curtições na companhia de belas mulheres. "Ela faz o 'diabo' para formar o filho, jura que ele foi para o Rio estudar medicina, mas não, ele fica na praia curtindo as meninas. De qualquer forma, ela continua orgulhosa dele, convicta de que é o melhor filho do mundo, nunca deixando de ser uma mulher feliz, e isso é o que é bonito", complementou a atriz. As situações que Cássia vive na ficção servem, ainda, como lição e exemplos a serem usados dentro de seu lar, em que divide com o atual marido, o psiquiatra João Baptista Magro Filho, e os filhos Joaquim, Maria Cândida (frutos de seu casamento com João Alberto Fonseca), Pedro Gabriel e Pedro Miguel (filhos de relação anterior com Sérgio Brandão). "Sempre analiso as relações entre mães e filhos. Tento olhar para o lado e vejo coisas que não gostariam que acontecessem em minha casa; quero aprender a ter limites, a ter diálogos. Faço tudo pelos filhos, e acabo errando nisso. A gente acaba virando escravos dos filhos, mesmo assim, continuamos protegendo eles. O mais importante, na minha opinião, é manter o afeto com os filhos; no afeto nunca erramos", finalizou.