Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Bodas de ouro de Glória e Tarcísio Meira

Atores celebram amor e parceria na profissão com um encontro de gerações

CARAS Publicado em 16/10/2013, às 21h11 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

De pé, Tarcísio Filho, a mulher, Mocita, os namorados Caio Guerreiro e Bruna Britto, o casal Diego Polly e Maria Pugliese e Christian Gomes. À frente, Gustavo e Bruno, enteados de Tarcisinho, e Dante com a bisavó Glória Patrick Gomes, Horacio e a mulher, - -
De pé, Tarcísio Filho, a mulher, Mocita, os namorados Caio Guerreiro e Bruna Britto, o casal Diego Polly e Maria Pugliese e Christian Gomes. À frente, Gustavo e Bruno, enteados de Tarcisinho, e Dante com a bisavó Glória Patrick Gomes, Horacio e a mulher, - -

Após 50 anos de história de amor real e cerca de 18 novelas lado a lado, Tarcísio Meira (78) e Glória Menezes, que completa 79 anos no próximo  sábado, 19, juram que nem sentiram o tempo passar em sua relação. “As coisas foram acontecendo para nós, tudo muito rápido. De repente, estávamos há 40 anos juntos, há 45... Fomos envelhecendo...”, analisou o eterno galã, com o mesmo olhar apaixonado para a companheira de quando a conheceu no teleteatro da TV Tupi Uma Pires Camargo. Para celebrar as bodas de ouro deles, que coincidiram com o aniversário de Tarcísio, o herdeiro do casal, Tarcísio Filho (49), e os de Glória, Maria Amélia (60) e João Paulo (58), organizaram uma festa prestigiada por grandes nomes da dramaturgia. “É raro um casal fazer 50 anos tão bem como eles estão, trabalhando... Pelo menos por 15 anos, eles não só viviam juntos como saíam de casa juntos, gravavam novela juntos, iam para o teatro... Há uma fascinação enorme de um pelo outro. Então, essa data não podia passar em branco”, justificou Tarcisinho ao lado da mãe. Segundo a estrela, não existe segredo para manter um casamento feliz durante tanto tempo. “A gente nunca forçou nada para que desse certo. Apenas, um gosta de estar perto do outro, nós continuamos nos amando”, costuma dizer ela.

Na noite, o casal recebeu muitas homenagens. A primeira foi um vídeo feito por Tarcisinho e a mulher, Mocita Fagundes (49), no qual reuniram imagens dos atores em novelas em que atuaram juntos, como Sangue e Areia (1967) e Irmãos Coragem (1970), e, recentemente, em A Favorita (2008). Já Maria Amélia estava radiante porter conseguido juntar boa parte da família para o evento. “Minha mãe e o meu pai, assim considero Tarcísio, ficaram visivelmente comovidos. Esse tipo de encontro, normalmente, só acontece no Natal. Cada um mora em uma cidade”, disse ela ao lado dos irmãos, do marido, Horacio Cellete Gomes (61), dos filhos, Maria Pugliese (33) e Gustavo Pugliese (35), dos netos, Rocco (5) e Dante (4), e da sobrinha, Bruna Britto (28).

Além do clã, o casal de jornalistas Sandra Annenberg (45) e Ernesto Paglia (54), os autores Maria Adelaide Amaral (71) e Silvio de Abreu (70), o empresário José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni (77), e os atores Claudia Raia (46), Rodrigo Lombardi (35), Tony Ramos (65), com a mulher, Lidiane (62), reverenciaram os anfitriões. Fúlvio Stefanini (73), que está no ar na novela Amor à Vida, emocionou Tarcísio e a mulher ao lembrar que os conheceu antes de começarem a namorar, enquanto Ney Latorraca (69) leu um texto de João Falcão (55) e, em seguida, enalteceu a união deles. “Está na cara como se gostam, como têm respeito um pelo outro, é inquestionável. Construíram uma estrutura muito forte não só no casamento como também na carreira”, afirmou Ney, ao lado de Deborah Secco (33) e Eduardo Moscovis (45), que trabalharam com Glória na série global Louco  Por Elas.

Durante a comemoração, que contou com um menu especial, com risoto de camarão, peixe e ravióli com recheio de ricota, Glória e Tarcísio protagonizaram cenas de romance, sendo aplaudidos inúmeras vezes pelo seleto grupo de 100 convidados. “Glória tem mil qualidades. Quando você se casa, não pode abdicar de si mesmo. É importante continuar sendo um indivíduo que se juntou ao outro. ada qual tem seu espaço. Eu jamais, por exemplo, vou fuçar o celular dela, nem ela o meu. Isso é uma coisa particular de cada um. Quer dizer, as pessoas quando se unem têm que manter essa individualidade. Não pode querer que o outro se transforme em coisa. As pessoas não podem perder o próprio espaço, valorizando mais a relação”, ressaltou o ator, atualmente de férias da TV após a novela Saramandaia, que terminou em setembro. 

O romantismo do avô pela avó é reconhecido e exaltado também pela neta, Maria Pugliese. Ela acompanha diariamente todo esse carinho, já que mora com eles, no Rio. “Nós podemos testemunhar que é um casal que se ama verdadeiramente e que o amor de verdade acontece na vida”, filosofou ela.