Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Vibração no festiva l do Rio

Evento premia melhores do cinema após 15 dias

CARAS Publicado em 18/10/2013, às 18h40 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Entre Pitanga e Lázaro, Leandra e seu troféu de Melhor Atriz. - Paulo Mumia
Entre Pitanga e Lázaro, Leandra e seu troféu de Melhor Atriz. - Paulo Mumia

Anoite de encerramento do Festival do Rio 2013, que durante duas semanas movimentou a cidade com 380 produções cinematográficas de 65 países, foi de consagração para Leandra Leal (31). Por sua atuação em O Lobo Atrás da Porta, ela ganhou o Troféu Redentor de Melhor Atriz e ainda viu o longa ser escolhido, juntamente com De  Menor, como Melhor Filme. “É um trabalho de que me orgulho demais. Assim como os outros exibidos provam qualidade e fôlego do nosso cinema”, disse Leandra. “Foi um  festival intenso. Participei de quatro filmes, dois deles como produtora, e ainda me juntei às manifestações nas ruas”, completou entre os atores Antônio Pitanga (74) e Lázaro Ramos (34), um dos integrantes do júri. “Aos ver o alto nível dos trabalhos, fiquei honrado de ser ator  neste País”, destacou Ramos.Com grande elenco, Entre Nós,  de Paulo Morelli (57), com a colaboração do filho Pedro Morelli (27), ganhou Roteiro e Atriz Coadjuvante, prêmio dado a Martha Nowill (32). “Tive os melhores companheiros de set: Caio Blat é um  bicho de cinema. Maria Ribeiro temuma inteligência aguda; e Carolina  Dieckmann é extremamente doce”,declarou Martha.