cinema Tudo Bem no Natal que Vem

Tudo Bem no Natal que Vem: novo filme natalino da Netflix mostra faceta dramática de Leandro Hassum

Novo longa brasileiro da Netflix, 'Tudo Bem no Natal que Vem', mistura comédia e momentos emocionantes

Natalia Queiroz Publicado quarta 2 dezembro, 2020

Novo longa brasileiro da Netflix, 'Tudo Bem no Natal que Vem', mistura comédia e momentos emocionantes
Tudo Bem no Natal que Vem - Divulgação/Netflix

O clima natalino já está no ar!

Nesta quinta-feira, 3, a Netflix disponibilizou mais um dos filmes que promete marcar o Natal dos brasileiros. Tudo Bem no Natal que Vem é a nova trama nacional da plataforma e conta com um elenco de peso.

Leandro Hassum, Elisa Pinheiro, Miguel Rômulo e Arianne Botelho interpretar uma família "tradicional" brasileira, mas tudo muda quando Jorge, personagem de Hassum, sofre um acidente na véspera do Natal. A partir daí, o protagonista acorda ano após ano sem nenhuma lembrança dos outros 364 dias.

Em entrevista exclusiva, a CARAS Digital conversou com os atores sobre as gravações, o enredo e a mensagem familiar que o longa transmite.

"Tudo Bem no Natal que Vem é lançado em um momento muito apropriado num ano tão atípico que a gente está vivendo. É para trazer a lembrança de que a gente precisa valorizar cada segundo, cada momento, cada toque, cada movimento de carinho", explica Leandro.

Laura, vivido por Elisa, e Jorge são um casal que se completa nas diferenças! Ela é  apaixonada pelo Natal e suas tradições, já ele detesta o evento e só quer que a data passe o mais rápido possível. Na ocasião, a atriz comentou sobre o processo de construção dos personagens: "Eu e o Leandro batemos muita bola, ensaiou, conversou, ficou amigo. A gente foi descobrindo essa relação juntos, fazendo um contraponto muito legal um com o outro. O Jorge não gosta do Natal, tem uma implicância e a Laura é o oposto, é aquela que valoriza as tradições. Então, eu tentei trazer esses valores que a Laura tanto se importa e, ao mesmo tempo, tentei dar uma leveza. O texto tinha muito humor, no personagem e na relação, e eu fui tentando trabalhar esse equilíbrio para ela ter a função dela mas também lembrar que é uma comédia", disse.

O ator ainda ressaltou a fala da atriz: "Ela é uma grande comediante, um time de comédia incrível. É o contraponto, ela tem cenas engraçadíssimas. A personagem da Laura tem essa função de mostrar o que é o Natal para todo mundo e principalmente o Natal brasileiro. É muito importante essa parceira que a gente fez".

Por mais que a trama seja uma comédia, Tudo Bem no Natal que Vem aborda vários assuntos dramáticos importantes. No bate-papo, Hassum avaliou sobre essa sua transição entre o humor e o drama: "O ator de comédia tem uma certa facilidade de chegar no drama. A comédia é uma linha muito fina para a tragédia, se você é capaz de fazer o público rir, é porque você fez muito bem e para você virar essa chave do humor pro dramático, do riso para o choro, acaba ficando mais simples pela técnica. Você acaba chegando na tragédia com mais simplicidade, é uma chave mais simples do que se pensa quando você tem a comédia como plano de fundo principal na sua carreira, que é o meu caso", revelou ele.

Lançado em meio há um dos anos mais difíceis, o filme transmite uma mensagem de valorização da vida e dos momentos ao lado de pessoas que amamos. Miguel Rômulo contou sobre a mensagem principal do longa: “Eu acho que mensagem principal do filme é valorizar as pequenas coisas que fazem a sua vida ser grande. O personagem do Jorge, com o decorrer do filme, vai perdendo as lembranças da família. Eu acho que desde o ‘bom dia’ até o ‘boa noite’, até um filme que ele assiste com a Aninha ou sair para correr com o filho. É muito importante valorizar essas coisas, o presente, o agora e ter um futuro tranquilo, feliz, com a família e rodeado de pessoas que te querem bem”, afirmou.

No decorrer da obra, a personagem de Arinne Botelho passa por uma situação bem delicada e que afeta toda a família. A atriz comentou sobre a importância de viver no presente: "A vida é um sopro. A força para encarar as diversidades da vida e principalmente olhar para essas situações da vida com mais otimismo e mais presença. A gente estar aqui, aproveitando o agora é fundamental. A minha personagem vem trazendo essa força, mas eu acho que o mais importante de tudo isso é aproveitar cada instante, viver intensamente cada momento e ser grato", concluiu.

Último acesso: 22 Jan 2021 - 17:26:40 (370126).

Leia também