Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Personagem Rose, de Titanic, pode ter existido de verdade

Rose Amélie Icard relatou sua viagem a bordo do transatlântico em cartas datadas de 1955

CARAS Online Publicado em 25/03/2014, às 12h59 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Personagem Rose, de Titanic, pode ter existido de verdade - Divulgação
Personagem Rose, de Titanic, pode ter existido de verdade - Divulgação

Após anos de mistério sobre a real identidade de Rose, personagem interpretada por Kate Winslet no filme Titanic, cartas datadas de 1955 podem colocar fim à discussão.

O site OhNoTheyDidn't publicou nesta terça-feira, 25, trechos de cartas escritos por Rose Amélie Icard, que estava a bordo do RMS Titanic na trágica noite do dia 14 de abril de 1912.

"Por volta das onze da noite Mr. Stone [patrão de Rose] e eu fomos para a cama. Vinte minutos depois sentimos uma batida muito forte que nos tirou da cama [...]. Nos tornamos testemunhas de cenas inesquecíveis de horror com cenas sublimes de heroísmo. Mulheres vestindo roupas de festas, alguns fora da cama, corredores fechados, desnivelados, pessoas perturbadas e desesperadas para entrar nos barcos [salva-vida]", escreveu a Rose real em suas cartas.

+ Assim como 'Titanic', veja 10 filmes que se passam em alto-mar

Em outro trecho fala sobre um casal que não quis se separar e seguir caminhos paralelos após o acidente. "Próxima a mim estava duas pessoas idosas incríveis, Sr. e Sra. Straus, proprietários da incrível loja Macy de Nova York. Ela se recusou a entrar no bote após ter ajudado suas criadas. [...] Ela passou os braços por trás do pescoço do marido e disse para ele: 'Nós estamos casados há 50 anos, e nunca deixamos um ao outro. Quero morrer com você", disse em seu relato.

Mais trechos e estudos sobre o Titanic podem ser lidos aqui (em inglês).