Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Cinema / Oscar

Discurso de Jared Leto no Oscar foi censurado na Rússia

Apoio de Jared Leto aos protestos na Ucrânia foi censurado por emissora russa

CARAS Digital Publicado em 04/03/2014, às 16h05 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Jared Leto - Getty Images
Jared Leto - Getty Images

A parte do discurso de Jared Leto prestando apoio aos manifestantes da Ucrânia, enquanto recebia o prêmio de Melhor Ator coadjuvante por Clube de Compra Dallas, não foi exibida pelo canal russo Channel One, responsável pela transmissão do Oscar no país. O The Hollywood Reporter aponta que a fala do ator sofreu censura.

Porém, um comunicado oficial do Channel One alegou que eles não censuraram o discurso. “O canal exibiu uma versão internacional de 90 minutos da cerimônia do Oscar, a qual não foi cortada e veio pronta pelos detentores dos direitos”, declarou a emissora.

Durante seu discurso de agradecimento, Leto dedicou o prêmio aos manifestantes tanto da Ucrânia quanto da Venezuela – ambos países estão em crise. “Para todos aqueles sonhadores pelo mundo que estão assistindo... Eu quero dizer que nós estamos aqui, enquanto vocês lutam para realizar os sonhos de vocês, para viver o impossível, nós estamos aqui pensando em vocês nesta noite”, declarou.

A Ucrânia chegou ao terceiro mês de manifestações violentas contra o presidente Viktor Yanoukovych, o qual é apontado como corrupto e leal ao presidente russo Vladimir Putin, que cada vez mais aumenta sua influência no país vizinho chegando a usar força militar para controlar a crise.

O Channel One iria exibir o Oscar ao vivo, porém cancelou a transmissão na última hora alegando que precisava dar mais atenção às notícias sobre a crise na Ucrânia envolvendo a Rússia.