Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Cinema / Polêmica

China exibirá o filme 'Bohemian Rhapsody' sem mostrar consumo de drogas e cenas gays

O longa chega no país em meados de março

CARAS Digital Publicado em 27/02/2019, às 15h50 - Atualizado às 15h51

Bohemian Rhapsody - Reprodução
Bohemian Rhapsody - Reprodução

Cada país tem suas regras e costumes e muitas vezes, produções de entretenimento acabam não chegando 100% nestes lugares.

Foi o que aconteceu com o filme que relata a história da banda Queen, Bohemian Rhapsody, que chegará na China em meados de março sem algumas cenas importantes.

Segunda a revista The Hollywood Reporter, A National Alliance of Arthouse Cinemas (NAAC), uma iniciativa público-privada da China Film Archive, apoiada pelo Estado, lançará o filme de forma limitada e irá cortar aproximadamente um minuto de cenas gays e cenas com consumo de drogas, do longa indicado ao Oscar.

Nas legendas, o termo 'homem gay' será substituído por 'grupo especial' e, ainda segundo a revista, cenas homossexuais não são proibidas no cinema, mas são completamente proibidas na TV.