Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Celebridades protestam após Sony cancelar filme por conta de ameaças terroristas

Sony cancelou o lançamento do filme 'The Interview', com Seth Rogen e James Franco, após receber ameaças de grupo terrorista dizendo que fariam ataques 'semelhantes ao de 11 de setembro' nos cinemas

CARAS Digital Publicado em 18/12/2014, às 10h51 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

The Interview - Divulgação
The Interview - Divulgação

As celebridades americanas não reagiram bem à decisão da Sony de cancelar o lançamento do filme The Interview, com Seth Rogen e James Franco, depois que o estúdio recebeu ameaças do grupo de hackers Guardians of Peace dizendo que fariam ataques 'semelhantes ao 11 de setembro' às salas de cinemas que exibissem o longa.

“Na sequência da decisão da maioria das salas de não exibirem o filme “The Interview”, decidimos não avançar com a estreia, prevista para dia 25 de dezembro”, disse a Sony em comunicado oficial. O estúdio está sofrendo uma série de ataques virtuais do grupo de hackers, que já divulgou várias conversas privadas e polêmicas entre diretores e produtores ligados à empresa. 

No Twitter, os famosos questionaram a decisão e disseram que os 'terroristas ganharam' e 'estão controlando Hollywood'. Em The Interview, Seth e James interpretam jornalistas que são recrutados pela CIA para assassinar Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte. Pyongyang, capital do país, protestou quando o trailer do filme foi liberado e disse que iriam considerar o lançamento do mesmo como 'um ato de guerra'. 

Veja os comentários das celebridades: 

Rob Lowe: "Encontrei Seth Rogen no aeroporto. Nenhum de nós nunca ouviu ou viu algo deste tipo. Hollywood fez Neville Chamberlain (ex-primeiro-ministro britânico que teve ligações com Hitler) orgulhoso hoje". 

Zach Braff: "Lá se vai a minha comédia sobre o Hitler"

Judd Apatow: "Isso apenas garante que este filme será mais visto por pessoas na Terra do que antes. Legalmente ou ilegalmente, eles vão ver". 

Jimmy Kimmel: "É um ato covarde que valida ações terroristas e instala um precedente terrível". 

Mia Farrow: "Caras maus ganharam" 

Michael Moore: "Queridos hackers da Sony, agora que vocês comandam Hollywood, eu gostaria de ver menos comédias românticas, menos Michael Bay e nada mais de Transformers".