Cinema Polêmica

Após menosprezar denúncias de assédio sexual, Lindsay Lohan se desculpa

Atriz disse que denunciar o assédio faz a mulher parecer fraca

terça 14 agosto, 2018
Lindsay Lohan
Lindsay Lohan Getty

Lindsay Lohan fez uma declaração polêmica na última quarta-feira, 8. Em entrevista para o The Times, deu a entender que mulheres que denunciam assédio sexual se mostram fracas. Arrependida, tentou se desculpar em uma entrevista para a People nesta terça-feira, 14, após ser duramente criticada

O assunto de assédio em Hollywood tem vindo cada vez mais à tona por conta do movimento #MeToo, no qual famosas de Hollywood denunciam os abusos sexuais que sofreram no show business. Cada vez mais e mais famosas vêm se pronunciando e divulgando casos pessoais, alguns que aconteceram há décadas. 

Mais Notícias

Portanto, durante a entrevista, Lohan foi questionada se já havia passado por algum caso de assédio. Ela negou, e disse que, se acontecesse com ela, lidaria de um jeito diferente do que propõe o movimento. "Tem que ser resolvido ali mesmo. Vocês fazem muito caso quando transformam isso em assunto de polícia", opinou. "Eu acho que as mulheres irem contra isso faz com que elas pareçam fracas, e elas são muito fortes", finalizou. 

A estrela, depois,  justificou o seu posicionamento explicando que falava sobre falsos testemunhos. "A declaração dizia respeito apenas sobre minha esperança de que alguns falsos testemunhos em um tsunami de vozes heroicas não consigam diminuir a importância do movimento #MeToo, e de todos que fazem parte dele", disse.

Chegou a apoiar a ação em segundo momento. "Dou muita força para o movimento #MeToo e tenho o maior respeito e admiração pelas mulheres corajosas o suficiente para dar um passo em frente e falar sobre suas experiências. O testemunho delas serve para proteger aquelas que não podem falar, e dar forças para quem teve problema em fazer sua voz ser ouvida", estimulou. 

Então, desculpou-se. "Gostaria de, sem nenhuma reserva, me desculpar por qualquer dor e estresse que causei na minha entrevista recente ao The Times", anunciou. "Desde então eu entendi como falas como a minha podem ser dolorosas, o que nunca foi a minha intenção. Peço desculpa por quaisquer mágoas que causei", completou.

ORIENTAÇÕES

É importante sempre denunciar casos de abuso sexual e físico. No Brasil, o Ministério da Saúde tem uma portaria que cuida exclusivamente desses casos, e trabalha para combater o assédio e ajudar as vítimas. 

A orientação é que, caso ocorra, o assédio deve ser denunciado em uma delegacia, especializada ou não em mulheres e crianças. Lá, a vítima vai receber orientações e ajuda jurídica e psicológica. Na cartilha de orientações sobre o assunto, consta a importância de falar sobre o assunto: "Ao denunciar a arbitrariedade dos padrões de relacionamentos baseados em modelos masculinos, repercutiu na consolidação de instrumentos jurídicos e sociais de proteção à mulher em situação de violência".

por CARAS Digital
Atualizado quarta 15 agosto, 2018 (305520) | 16/01/2019 14:43:30

Mais conteúdo sobre:

CARAS Recomenda

  1. A sífilis assusta, mas a infecção tem cura!
  2. Saiba tudo sobre a prevenção da sífilis!
  3. Teste seu conhecimento sobre a sífilis
  4. EXPORT PELO MUNDO: Dicas de verão no Rio de Janeiro

Receba em Casa

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Filho de Rodrigo Lombardi ganha festa de aniversário
  2. 2 Mariana Rios choca web ao exibir biquíni diferentão
  3. 3 Gabi Brandt curte aniversário cheia de presentes milionários
  4. 4 Reality show estreia com a pior audiência da história
  5. 5 Boninho desmente polêmica envolvendo quarto branco
  6. 6 Luisa Mell esculacha Thiago Leifert após polêmica envolvendo
  7. 7 Alok exibe emocionante vídeo do dia de seu casamento
  8. 8 Mayra Cardi mostra filha, Sophia, dando os primeiros passos
  9. 9 Danrley surpreende ao revelar que ainda é virgem
  10. 10 Diego faz afirmação polêmica sobre ex-BBB Ana Clara