Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Cinema / Divórcio

Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar o suficiente de pensão

Casal de atores se separou em 2016 e vem lutando pela guarda das crianças

CARAS Digital Publicado em 07/08/2018, às 18h29 - Atualizado em 08/08/2018, às 14h11

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Angelina e Brad - Getty
Angelina e Brad - Getty

Brad Pitt e Angelina Jolie passaram por uma separação conturbada em 2016. E desde então os dois tiveram problemas com a guarda das seis crianças. 

Segundo o NBC News, a estrela de Malévola esteve em corte nesta terça-feira, 7, e alegou que o pai não vem pagando uma quantia significativa de pensão alimentícia. O valor começou a ser pago no início do divórcio, e até agora não foi ajustado para um valor devido. A atriz entrará com um processo.

"[Pitt] tem o dever de pagar pensão. Até agora, ele não pagou uma quantia significativa, desde a separação", afirmou a advogada de Jolie em um documento oficial. "Através do acordo informal, o pagamento das despesas das crianças não tem sido regularmente sustentado pelo pai. Por mais de um ano e meio, [Jolie] pretendia abrir processo formal para uma pensão retroativa", continuava. 

Na Califórnia, EUA, assim como na maior parte do país, a pensão não tem uma marca mínima, e costuma partir de um acordo entre as partes. Se o cuidador não achar que esse pagamento é justo, há a possibilidade de um processo legal, no qual as necessidades das crianças serão estudadas e um valor, definido.  

O casal queridinho de Hollywood enfrentou grandes dificuldades e teve uma separação pública. A maior parte das brigas foi pelos hábitos de bebida do galã e pela guarda das crianças. A diva inclusive chegou a negar que o pai as visse.