Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Advogados de Johnny Depp rebatem acusações de violência doméstica

Segundo imprensa norte-americana, defensores do ator acusaram a modelo de tentar aumentar os ganhos com o divórcio

CARAS Online Publicado em 28/05/2016, às 09h40 - Atualizado às 09h52

Amber Heard e Johnny Depp - Getty Images
Amber Heard e Johnny Depp - Getty Images

Após as acusações de violência doméstica praticada por Johnny Depp, os advogados do ator acusaram a modelo Amber Heard de tentar inflar os ganhos com o divórcio, 

+ Amber Heard pede ordem de restrição contra Johnny Depp, diz revista

A advogada Laura Wasser, que lidera a equipe de Depo, disse que "Amber está tentando garantir uma resolução financeira prematura, alegando abuso", disse a revista PEOPLE. A declaração gerou polêmica e foi criticada pelos fãs do ator.

Na última sexta-feira, 27, Amber afirmou em uma declaração assinada que Depp foi verbalmente e fisicamente abusivo "durante a totalidade do nosso relacionamento" . Ela também alegou que o ator chegou a jogar seu iPhone no seu rosto no último sábado, atingindo-a no olho durante uma discussão em sua casa no centro de Los Angeles.

A modelo entrou com um pedido de restrição contra o ator. Segundo as primeiras estimativas, o valor do acordo de divórcio entre os dois pode atingir a casa dos US$ 450 milhões.