Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Plenitude da alegre Priscila Sol

No Castelo de CARAS, a atriz fala dos planos na carreira e no amor

CARAS Publicado em 08/10/2013, às 20h55 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Priscila Sol - Martin Gurfein; Produção: Cláudio Lobato
Priscila Sol - Martin Gurfein; Produção: Cláudio Lobato

E la é a maluquinha de sua turma de amigas. Desastrada, falante e complicada, mas com um coração enorme. Assim é a atriz Priscila Sol (33). Dona de um rostinho de menina, ela já é mãe de um pré-adolescente, Vítor (10), e namora o publicitário João Alberto Faria (25), oito anos mais novo. Por mais complicado que isso possa parecer, Priscila conduz a vida com leveza e tira de letra os problemas que aparecem em seu caminho. “Tento não levar a vida tão a sério, ela passa muito rápido. Tem gente que passa a maior parte do tempo se preocupando com coisas sem importância e se esquecendo de dar valor para as mais simples”, ressalta ela. 

De férias da TV desde o fim da trama global Lado a Lado, Priscila não vê a hora de voltar às novelas. Enquanto isso não acontece, ela divide o tempo entre os cuidados com seus amores e os projetos de uma série e de uma peça de teatro. “Graças a Deus estou trabalhando bastante. Fiz o piloto da série O Rei do Drama, tenho roteiros para o teatro e em março começo a rodar o longa A Obra”, festeja ela no Castelo de CARAS, em Tarrytown, a 40 minutos de Manhattan. Quando o assunto é amor, está tudo ótimo também. Namorando há dois anos e meio, Priscila diz que casamento está nos planos do casal, mas não agora. “É engraçado, enquanto os amigos do João estão se formando, os meus estão casando. Quero casar com ele, óbvio, mas tenho que focar no trabalho”, observa ela.

– Como é ser mãe de um préadolescente?

– É incrível. Sou uma mãe jovem e por isso posso acompanhar bem de perto essa mudança na vida dele e ainda curtir muito com ele. Acho que essa é vantagem de ser mãe cedo. O Vítor não me dá trabalho algum, pelo
contrário, ele me ajuda em tudo, a me organizar com os horários, nas tarefas de casa e até com as compras no mercado.

– E o namoro, como vai?

– Uma delícia, a gente se curte muito. Nossa relação não é aquela coisa monótona, sabe? É claro que brigamos às vezes, como qualquer casal, mas faz parte, que graça teria se fosse diferente? (risos) 

– Vocês planejam morar juntos, ter filhos?

– Pensamos, claro! Moramos pertinho e estamos sempre juntos. Vivemos um na casa do outro. Mas, por enquanto, mora cada um na sua casa. O João é novo e está no começo da carreira dele. Precisa estar tranquilo para focar no trabalho. Ainda não é hora pra se preocupar com nada além disso. Sobre filhos, qual casal que não fala nisso? Falamos muito, mas não para agora. Estamos curtindo uma coisa de cada vez. 

– Gosta dessa coisa de ser moleca e mulher ao mesmo tempo?

– Tem gente que passa a maior parte do tempo se preocupando com coisas sem importância e se esquecendo de dar valor para as mais simples. Tento me divertir ao máximo sempre e deixo para ser mulher quando realmente tenho de ser, acho que é isso que me faz parecer mais jovem.

– Vamos falar de beleza. Quais os seus cuidados para estar bem com o espelho?

– Antes, eu não ligava muito para o meu corpo, não estava nem aí, me matriculava na academia e não ia, começava um esporte e depois parava, mas agora não. Descobri que personal trainer é tudo na vida. Quando eu
estou com preguiça, meu professor me ‘torra’ a paciência até eu fazer tudo que ele quer. Acabei me viciando e o dia que não posso ir à academia não é a mesma coisa. Voltei a fazer aulas de tênis, que é um esporte que eu pratico desde criança. Estou de bem com o espelho e pretendo não parar nunca mais.

– Como é a sua alimentação?

– Tento me segurar ao máximo durante a semana e me permito comer umas guloseimas nos finais de semana, mas não passo vontade, não. Tenho um filho de 10 anos e um namorado que comem muito. Mas confesso que é difícil resistir a algumas tentações.

– Está com saudade da TV?

– Nossa, muita! Não vejo a hora de voltar. Mas enquanto isso não acontece, estou estudando e logo estou de volta.