Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Mergulho cultural de Stenio Garcia e Marilene

No Castelo de CARAS, casal narra a enriquecedora jornada de quatro meses por NY

CARAS Publicado em 26/11/2013, às 18h57 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Stenio Garcia e Marilene Saade - Selmy Yassuda/Beleza: Duh
Stenio Garcia e Marilene Saade - Selmy Yassuda/Beleza: Duh

Foram quase quatro meses de experiências únicas e inesquecíveis na Big Apple que fizeram o casal de atores Stenio Garcia (81) e Marilene Saade (37) ampliar horizontes culturais. A temporada na cidade, cujo principal objetivo foi cursar inglês, não apenas os ajudou a incrementar os conhecimentos no idioma, como também serviu de profunda reflexão. “O contato que tivemos na sala de aula com pessoas de todos os lugares do mundo nos abriu os olhos em relação ao Brasil. Nosso País precisa mudar, pois está agressivo, violento e não se respeita. É uma situação oposta ao que vimos por aqui. Voltando para casa, meu foco será trabalhar e lutar para ver essa transformação acontecer”, avaliou o ator, que escolheu o Castelo de CARAS, em Tarrytown, para celebrar o encerramento do curso. “Em contrapartida, percebi o quanto as pessoas gostam do nosso clima, das praias e da natureza exuberante que temos”, ponderou Marilene.

Prestes a completar 50 anos de carreira, o ator tem apoio incondicional da amada. “Nunca é tarde para nada! Nosso lema sempre foi viver o agora, por isso, nos dedicamos tanto nesse aprendizado. Stenio é um exemplo disso”, afirmou Marilene. “Passar dos 80 anos e ainda conseguir um diploma é muito gratificante”, emendou ele.

– Ao voltar ao País iniciará mudanças. Como irá fazê-las?

Stenio – Pela minha arte! Por meio da expressão, do teatro, da qualidade do meu trabalho, enfim, quero levar mais consciência às pessoas com palavras e pensamentos positivos, pois acredito na transformação do ser humano e do nosso País.

Marilene – Se vamos conseguir ou não eu não sei, o importante é tentar sempre.

– Quais aprendizados vocês estão levando?

Stenio – O relacionamento com pessoas e a troca cultural foi o maior aprendizado. Já no sentido físico, comprei um arsenal de livros para estudar no Brasil.

Marilene – A imersão que fizemos nas almas de pessoas de todas as partes do mundo enriqueceu a minha visão de atriz.

– Como é voltar aos estudos?

Stenio – Eu comecei a trabalhar com apenas 10 anos, estudava longe, à noite, era tudo muito sacrificado. De repente, me vejo estudando outro idioma, fora do País, e tudo planejado e organizado com o suor do meu trabalho. Foi uma conquista minha e isso é gratificante. E, claro, queremos voltar para fazer mais cursos.

– Qual cultura mais os instigou nessa viagem?

Stenio – A japonesa! Eles têm um nível de humanidade exemplar e têm tranquilidade em relação à vida. Já fui ao Japão e já faço planos para voltar ao país.

Marilene – Fiquei com a mesma impressão. As pessoas costumam dizer que eles são duros, fechados, mas vi pessoas verdadeiras, cheias de caráter e centradas.