Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

A paixão pela vida move a atriz Julia Dalavia

No Castelo de CARAS, em NY, ela comemora atual fase e define suas metas

por Marcelo Bartolomei Publicado em 07/10/2016, às 07h22

Empolgada com a vida, Julia reflete sua paixão na escolha do esmalte, da Risqué. “Gosto de me sentir bonita”, diz ela, feliz com o êxito na TV - MARTIN GURFEIN
Empolgada com a vida, Julia reflete sua paixão na escolha do esmalte, da Risqué. “Gosto de me sentir bonita”, diz ela, feliz com o êxito na TV - MARTIN GURFEIN

Ela é movida a paixão. Pela vida, pela profissão, pela juventude e pelo futuro. Assim é Julia Dalavia (18), que colhe os frutos de repetidos êxitos em sua meteórica carreira após expressivas participações na novela Velho Chico e na série Justiça. No Castelo de CARAS, em Tarrytown, a 40 minutos de Manhattan, a talentosa jovem fez questão de falar sobre suas inspirações e seu estilo “in love” com a vida. Discreta em relação à vida pessoal – ela namora, mas não gosta de falar do assunto, prefere versar sobre o futuro e a profissão que lhe dá tantas alegrias. “As coisas estão se concretizando e me pego pensando: ‘Meu Deus, tudo está acontecendo e é como se eu tivesse escrito antes.’ Estar com grandes atores, como Adriana Esteves, na minha frente, foi um privilégio! Como aprendo com eles. Todos os trabalhos que estou fazendo são incríveis. Não podia pedir que fosse melhor”, afirma Julia, que já se prepara para o seu novo papel na Globo, na série Filhos da Pátria, com gravações em outubro e ainda sem data de estreia.

A que atribui seu momento?
É um pouco de sorte. Mais persistência. Estar no lugar certo e na hora certa. Desde criança tinha esse sonho. Fiz trabalhos incríveis, que valeram a pena. Fiz vários testes e ouvi muitos nãos até que rolou Em Família. Foi maravilhoso, uma novela de fase, que fiz a protagonista, que depois virou a Bruna Marquezine. Foi tudo muito cuidadoso, muito gentil, me apaixonei mais ainda pelo trabalho. Depois vieram Boogie Oggie e Velho Chico. Tudo foi acontecendo muito naturalmente.

É uma menina sonhadora?
Tenho muitos sonhos. De ter uma carreira belíssima, de ter uma família, mas, principalmente, estou vivendo um sonho agora. Tenho muita vontade de fazer mais cinema. Já fiz um filme, mas desejo me aprofundar neste universo, pois gosto muito. Teatro também. Estou fazendo o que está acontecendo para mim no momento.

Já é reconhecida na rua?
Gosto muito quando alguém vem falar comigo sobre meu trabalho. Se as pessoas vêm, é porque estou fazendo bem. Me sinto muito realizada quando isso acontece. O universo da fama faz parte, interajo nas redes sociais também.

Se acha romântica?
Não. Sou muito extrovertida. Gosto de fazer amigos. Tenho meus amigos e gosto de estar com eles. Sou mais moderna, digamos assim. Gosto muito de viajar, de acampar. Amo a natureza. Viajar é um dos maiores investimentos que se pode fazer em questão de cultura. Gosto de ir ao cinema, por exemplo, de coisas normais.

O que faz para manter sua beleza? Tem algum ritual?
Sou do tipo vaidosa normal. Gosto de me sentir bonita! Menos é mais. No meu dia a dia, não penso muito nisso. Prefiro cuidar mais de mim, da pele, do cabelo, de estar bem... Como de tudo, não tenho nenhum tipo de restrição. Sei que não deveria, mas deixo acontecer. Viver é muito bom!

Se considera sex symbol por conta de seu último papel?
O quê? Tenho 18 anos! Não me responsabilizo pelo que os outros pensam... Apesar de ter feito uma personagem sensual, é a personagem, me doo pela profissão, não me acho nada sexy.

O que quer para o futuro?
Não tenho sonho de casar de branco na igreja, por exemplo. Fazer uma comemoração, sim. Ter filhos? Não planejo nada, não penso nisso agora, mas creio que terei um dia. Pretendo, daqui cinco ou dez anos, ter papéis tão bons quanto os que estou pegando, ter uma carreira consolidada e estar feliz. Feliz no trabalho e feliz na vida, está ótimo!

Curtiu a viagem a NY?
Já tinha vindo antes. Amo muito. É um dos lugares que, com certeza, eu moraria.