Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Frederico Lapenda: “O cinema é meu trabalho e minha paixão"

Pernambucano celebra sucesso na sétima arte

CARAS Publicado em 22/06/2015, às 11h54 - Atualizado às 14h08

Frederico Lapenda - SELMY YASSUDA / ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO;SELMY YASSUDA / ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO;
Frederico Lapenda - SELMY YASSUDA / ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO;SELMY YASSUDA / ARTEMISIA FOT. E COMUNICAÇÃO;

Radicado em Los Angeles há 27 anos, o pernambucano Frederico Lapenda (45) cita o dito americano “there’s no business like show business” como um de seus mantras. Apontado por revista americana especializada como um dos cinco brasileiros de destaque na indústria cinematográfica, o produtor corre o mundo atrás das locações perfeitas, está sempre em busca de roteiros instigantes e opera verdadeiros milagres ao conciliar orçamentos, prazos e egos. “O cinema é meu trabalho e minha paixão. Me orgulho da minha jornada. Imigrar com 18 anos para outro país, órfão de pai, foi desafiador, mas entrei no avião munido de uma criação espetacular. As palavras dos meus pais ecoavam sem parar. Dele, herdei o senso de responsabilidade e, dela, o lado criativo”, conta o produtor.

Lapenda diz que o seu primeiro sonho era ser diretor de teatro, mas o destino o levou para a faculdade de cinema e para as lutas de MMA, que produziu com sucesso fenomenal pelo mundo. “É interessante a gente ver o poder da mente. Sem saber, visualizei 100% a realidade que eu vivo hoje. É gostoso ver como a lei do universo funciona, mas tem de batalhar”, observa ele.

Seu projeto mais recente, o longa Fúria, estreia em circuito nacional no dia 16 de outubro e traz um elenco estrelado por Nicolas Cage (50), Danny Glover (68) e Rachels Nichols (34). “Procuro sempre tirar uma lição dos meus filmes. Des te, vou levar a realização do sonho de trabalhar com Cage, um dos meus atores prediletos, e também a humildade de Glover. Um voo dele foi cancelado e ele dirigiu por horas só para não atrasar o andamento das filmagens. Deu uma aula de dedicação e profissionalismo”, comenta Lapenda. Em 2015, o incansável pernambucano deve filmar um seriado para a TV no Brasil. “São tantos atores que admiro, adoraria trabalhar com Jack Nicholson, Da niel Day- Lewis, John Malkovich e Denzel Washington”, sonha Lapenda.