Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Aos 68 anos, Helô Pinheiro diz: "Estou doida para fazer uma plástica"

Eterna garota de Ipanema esbanja carisma no Castelo de CARAS

CARAS Publicado em 06/12/2013, às 16h36 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Helô Pinheiro - Jayme De Carvalho Jr.; Beleza: Tony Motta E Letícia De Nada I
Helô Pinheiro - Jayme De Carvalho Jr.; Beleza: Tony Motta E Letícia De Nada I

Festejado com entusiasmo por fãs da bossa nova em 19 de outubro, o centenário do aniversário de Vinicius de Moraes (1913–1980) trouxe saudosismo a Helô Pinheiro (68). A apresentadora carioca se diz uma pessoa focada no futuro, mas tem os olhos marejados ao recordar o amigo e o ano de 1962, quando ela inspirou o eterno poetinha e Tom Jobim (1927–1994) na canção Garota de Ipanema. “Nesses dois últimos meses, não parei um minuto e dei entrevistas para tudo o que é país. Deu muita saudade daquela época de praia, vôlei na areia, juventude... Mas a tristeza tem de dar lugar às lembranças maravilhosas que ele nos deixou”, ressalta ela, durante a estada no Castelo de CARAS, a 40 minutos da Big Apple.

+Aos 68 anos, Helô Pinheiro curte praia de biquíni

No ar com o programa semanal De Cara com a Maturidade, da Band, e prestes a estrear a segunda temporada do Ser Mulher, atração do canal Fox Life que ela comanda ao lado da filha Ticiane Pinheiro (37), Helô continua linda e cheia de graça. “As pessoas dizem isso, mas será? Ah, cada um tem seu valor, sua beleza. Não tive crise dos 30, 40 nem 50, mas agora, de repente, bateu”, confessa ela, que tem duas grifes sob seu aval. “Meu pescoço me incomoda, estou doida para fazer uma plástica, mas não tenho coragem”, acrescenta a mulher do empresário Fernando Pinheiro (73) e mãe de Kiki (40), Jô (38), Tici e Fernandinho (30).

– Como é ostentar o título de a eterna Garota de Ipanema?

– Eterna é a história, a música. Eu, um dia, vou embora! Mas tenho responsabilidade na minha postura, na maneira de agir ou falar. A música não é só sobre a mulher, ela representa a MPB, uma época, tem todo um contexto.

– Qual sua reação quando está em um lugar e toca a música?

– Ah, uma delícia. Quem me reconhece às vezes fica meio sem jeito de chegar e falar, mas todo mundo pergunta sobre Tom e Vinicius, quer ouvir histórias. Eu já contei tudo umas ‘trocentas’ vezes, mas não me canso de repetir.

– Como é fazer TV com a Tici?

– Temos uma química ótima, mas quando uma não gosta do que a outra faz, falamos na cara.Não existe ciúme, só críticas construtivas e uma vontade de vencer juntas. Estou muito feliz, não paro de trabalhar tão cedo.

– Ticiane se separou esse ano. Você dá força para ela encontrar outro amor?

– Digo para procurar fazer o que for melhor para ela. Acho que agora ela quer uma vida normal, focada no trabalho e na filha, mas a gente precisa de um companheiro para incentivar, apoiar. Ela merece alguém que acaricie seu coração.

– Como é a Helô avó?

– Como mãe, fui exigente demais, mas, com os netos, sou bagunceira! Preciso me policiar para não mimar demais, dar muito presente... A Rafa, filha da Tici, diz: ‘Vovó, assim você me estraga’.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!