Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS

Afinidade de Felipe Andreoli e Rafa Brites

O casal completa dois anos de união e fala de suas paixões comuns em New York

CARAS Publicado em 13/11/2013, às 17h42 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Felipe Andreoli e Rafa Brites - Fernando Lemos; Beleza: Duh
Felipe Andreoli e Rafa Brites - Fernando Lemos; Beleza: Duh

Eles celebram dois anos de casamento esta semana, mas foi em clima de lua de mel que Rafa Brites (27) e Felipe Andreoli (33) curtiram a estada no Castelo de CARAS na bucólica Tarrytown, a 40 minutos de New York. Adorado pelas tiradas certeiras, humor irreverente e até um certo ar galanteador como repórter do CQC, da Band, o jornalista paulistano se desmancha em elogios ao enumerar as qualidades da amada, que lhe retribui com carinhos e olhares apaixonados. “Somos muito diferentes e parecidos ao mesmo tempo, simplesmente nos completamos”, atesta ele. “Sou uma pessoa mais feliz porque tenho o Felipe na minha vida”, pontua ela.

São muitas as paixões em comum: esportes, música, tecnologia e, claro, televisão. Rafa comanda os programas Parada Mix e Se Vira com Rafa Brites, da Mix TV, e Álbuns Clássicos, da rádio Mix,mas insinua que 2014 será um ano de mudanças e saltos profissionais. Felipe, por exemplo, tem projetos de conteúdo para a internet. Sendo assim, o plano de ter filhos acabou sendo adiado. “Temos um berço lá em casa, mas por enquanto só a nossa sobrinha vai usá-lo. Penso assim: 2014 é para plantar, 2015 é para regar e 2016 é para colher”, comenta a carismática gaúcha.

– Ajuda ou atrapalha ser casado com alguém do mesmo meio?

Felipe – Falamos de trabalho em casa, mas não como uma coisa chata. Como todo casal, queremos saber como foi o dia, dividir os momentos bons e também as dificuldades. Eu tenho mais tempo de profissão, ela entrou nesse ramo há uns três anos, mas já tem mais de 400 horas de TV ao vivo, que eu não tenho. Com todo o respeito às apresentadoras brasileiras, mas, daqui a alguns anos, a Rafa estará entre as grandes estrelas do País. Ela é inteligente, bonita e se vira ao vivo como poucas.

Rafa – Existe um respeito mútuo grande e acho essa troca muito saudável. Quero ouvir as críticas dele para melhorar sempre.

– Vocês têm vontade de trabalhar juntos?

Felipe – Temos uma curiosidade. Fizemos uma série de eventos pelo País e percebemos o quanto evoluímos durante o processo. Acho que a gente tem potencial,mas não vamos fazer disso uma obrigação. Vai saber, de repente a Band leva a Rafa ou uma outra emissora leva nós dois? (risos)

Rafa – O Felipe tem um projeto bem bacana de conteúdo para internet. Estamos planejando juntos, ele é uma das “cabeças”. –

Alguma descoberta curiosa nos dois primeiros anos de casados?

Rafa – Duas coisas que irritam o Felipe: fome e falta de civilidade no trânsito. Ele é o próprio Arnaldo Cézar Coelho, comenta tudo de errado que o outro faz, quando não dá seta, se para em cima da faixa...

Felipe – Já desconfiava, mas agora é uma certeza: minha mulher não tem TPM. A Rafa é uma pessoa que está 95% do tempo de bem com a vida. Essa positividade dela me trouxe equilíbrio.

Rafa – Somos um casal feliz. De vez em quando, sai uma briguinha, mas a gente não deixa isso ir à frente. Não se pode arrastar mágoa, tem que virar a página, pedir desculpa e tocar a vida. Isso vale para tudo na vida.

– Como fica a questão do assédio? Rola ciúmes?

Felipe – Temos perfis de fãs diferentes. O público da Mix é mais popular, jovem e, às vezes, o assédio na Rafa é maior. Quando estávamos vindo para cá, pediram autógrafo e tiraram fotos com ela e nem me deram bola. Chamo mais atenção ao lado dela. Se não me reconhecem de primeira, ficam querendo saber quem é o cara com essa loira bonitona. (risos)

Rafa – Meus fãs são mais passionais, mas o Felipe tem um alcance maior. No CQC não tem jeito: se ele não está em Brasília ou em jogo de futebol é porque está xavecando a mulherada. Mas pelo menos eu estou vendo como e quem ele está cantando. (risos) A gente tem muita confiança um no outro.

– Você adora moda e tem um estilo rock’n’roll. Ele dá palpite nas suas roupas?

Rafa – Ele não reclama e nem dá muito palpite, mas mesmo assim eu pergunto a opinião dele. Quero que ele me ache bonita. Ele só fala alguma coisa se eu fizer uma combinação bizarra, aquelas coisas de fashionista que mulher adora. Quando quero agradar, uso uma camiseta do Rush, a banda preferida dele. O problema é quando a gente viaja, eu adoro fuçar em brechós e lojas diferentes e acabo voltando para o Brasil com as malas lotadas. (risos)