Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Viviane Araújo questiona destaque das rainhas de bateria nas escolas de samba

Antes de desfilar com o Salgueiro nas campeãs do Rio de Janeiro, Viviane Araújo se arrumou no camarim das estrelas no Camarote CARAS

CARAS Digital Publicado em 16/02/2013, às 22h21 - Atualizado em 19/03/2020, às 13h56

Viviane Araújo - Renato Wrobel
Viviane Araújo - Renato Wrobel

Há 18 anos sambando na Marquês de Sapucaí, Viviane Araújo (37), rainha de bateria do Acadêmicos do Salgueiro, tem gabarito para falar sobre carnaval. Neste sábado, 16, enquanto se preparava para o desfile das campeãs do Rio de Janeiro no Camarote CARAS, a musa falou sobre sua relação com o samba e criticou o papel assumido por algumas rainhas que usam o posto para se promover.

“Essa coisa de rainha de bateria hoje em dia está tão diferente. Antigamente, rainha de bateria era uma figura bonita e pronto”, afirmou. “O foco hoje está muito direcionado para a rainha, antes era só mais um papel da escola. E daí começa a surgir gente que paga para estar neste posto, que não tem comprometimento com isso... Isso não é ruim até para comunidade e para escola?”, questionou.

Vivi é rainha do Salgueiro desde 2007. Ela foi convidada para entrar na escola justamente quando a agremiação procurava uma mulher, carioca, que tivesse envolvimento com a história do samba e com as comunidades.

“Eu faço porque gosto, não faço porque tenho que fazer, porque quero aparecer... Eu gosto de estar na comunidade, de participar dos eventos, de estar naquele ambiente. Faço porque amo e sinto a resposta positiva do público, que percebe a diferença de quem está ali de verdade”, comentou.

Ao falar sobre o resultado das campeãs, Viviane mostra sua paixão pelo Salgueiro e se diz injustiçada com a posição da escola, que ficou em quinto lugar. “A colocação foi muito injusta, esperava muito mais, tivemos notas que não eram para nossa escola. Voltamos para o desfile das campeãs engasgados. Não estou desmerecendo a Vila Isabel, que ganhou e fez um lindo desfile, mas também não estou contente com a nossa colocação”, declarou.

Este ano o Salgueiro homenageou os 20 anos da Revista CARAS com o samba-enredo, que foi mais do que aprovado por Vivi. "Adoro a revista, tenho uma relação ótima, e a escola soube como falar sobre isso de uma forma divertida e que empolgasse", falou.