Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Thomas, da Restart, quer parceria entre a banda e Arlindo Cruz

Thomas, baterista da Restart, disse que gostaria de levar o samba de Arlindo Cruz para a banda de pop rock. "Imagina se rolar uma parceria, olha que bonito!", falou animado

CARAS Digital Publicado em 10/02/2013, às 01h57 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Thomas, baterista da Restart, curte o Carnaval de São Paulo - Fabio Miranda
Thomas, baterista da Restart, curte o Carnaval de São Paulo - Fabio Miranda

"Quem não gosta de samba bom sujeito não é", diz a letra de Dorival Caymmi. Thomas, baterista da Restart, pode até estar mais acostumado com o gênero pop rock, mas o som que agita os foliões do Brasil inteiro no Carnaval está entre os seus gostos musicais.

Tanto é assim, que o músico bem que gostaria de tocar samba com um dos ícones do estilo. "Tocaria samba com certeza, ainda mais se rolasse uma parceira legal! Imagina se rolar uma parceria entre Restart e Arlindo Cruz, olha que bonito! Vou esperar o convite!", disse esperançoso.

"Curto de tudo. Quando era pivetinho escutava samba e depois comecei a escutar rock. Mas não deixei de escutar samba por isso. Acho que temos que ser ecléticos, gostar de tudo. Vivemos no século XXI, não podemos ter preconceitos com nada", avisou.

Pela segunda vez, Thomas desfila na Avenida do Anhembi. "É um prestígio gigante desfilar em uma escola. Estamos saindo pela Tom Maior e estou muito feliz de estar aqui com essa galera bonita", falou animado.