Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Sabrina Sato conta que conversou com Psy em 'várias línguas'

Sabrina Sato afirmou que Psy é muito simpático e divertido. "Ele se soltou. Misturamos várias línguas. Mas a gente se entendeu"

Redação Publicado em 09/02/2013, às 00h06 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Sabrina Sato - Divulgação/Band
Sabrina Sato - Divulgação/Band

O cantor sul-coreano Psy (35), realmente, já pode ser considerado o rei do carnaval. Na noite dessa sexta-feira, 8, mais uma estrela brasileira se rendeu ao astro. A musa do Pânico na Band, Sabrina Sato (32), que curte pela primeira vez a folia em Salvador, se encontrou com ele, durante uma gravação, e, depois, foi só elogios. Sabrina, que dançou ao lado dele, disse: "Psy é incrível".

Sabrina afirmou que ele é muito simpático e divertido, que fez coisas que jamais imaginou que ia fazer e que ganhou presentes dela. Ele se soltou. "Misturamos várias línguas. Mas a gente se entendeu".

E musa que é musa causa alvoroço já na entrada. E não foi diferente com ela. Logo na chegada no Planeta Band Othon, no circuito Barra-Ondina, Sabrina reuniu centenas de fãs e ficou difícil até para a bela caminhar. Mas Sabrina, simpática como é, deu atenção a todos e emendou: "Estou muito feliz de estar aqui. No ano passado não deu certo, mas agora consegui".

Ela chegou em Salvador na quinta-feira, 7, foi para os camarotes, gravou nesta sexta-feira e já foi embora.  "Não consigo encarar isso como trabalho. Nao é justo. É diversão!". A "japa" pulou e dançou o tempo inteiro, ao som de Michel Teló e Márcio Victor, do Psirico, que passavam no trio. Márcio, inclusive, a pediu em casamento várias vezes.