Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Sabrina Sato brilha à frente da bateria da Gaviões da Fiel

Sabrina Sato brilhou à frente da bateria da escola de samba Gaviões da Fiel, segunda agremiação a apresentar seu carnaval na madrugada deste domingo, 10, em São Paulo

Redação Publicado em 10/02/2013, às 01h26 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sabrina Sato brilhou à frente da bateria da escola de samba Gaviões da Fiel, em São Paulo - Milene Cardoso / AgNews
Sabrina Sato brilhou à frente da bateria da escola de samba Gaviões da Fiel, em São Paulo - Milene Cardoso / AgNews

A noite foi mesmo dela no Sambódromo do Anhembi: Sabrina Sato (32) brilhou à frente da bateria da escola de samba Gaviões da Fiel, segunda agremiação a apresentar seu carnaval na madrugada deste domingo, 10. A escola mostrou a história e a importância da propaganda na vida dos brasileiros.

A japonesa do Pânico estava muito feliz, logo após o desfile. "São 9 anos na escola. Gaviões está muito alegre, estou muito emocionada. Ser fiel é ser feliz. Ser fiel é mesmo a alma do negócio", diz

A agremiação desfilou com cinco alegorias e 3,8 mil integrantes, divididos em 25 alas. A escola, que não ganha um título desde 2003, pretende nesse ano conseguir erguer a taça de campeã novamente, com o enredo "Ser fiel é a alma do negócio".

A agremiação parou o Sambódromo do Anhembi, na zona norte de São Paulo, com o abre-alas, que tem 60 metros de comprimento - a alegoria tem 43 gaviões dourados e iluminados. Outra aposta da escola de samba corintiana foi o carro da comunicação, que fez uma bela homenagem ao grande mestre da comunicação, o Chacrinha.

A escola também falou das propagandas enganosas e sobre as propagandas dos produtos de beleza. O último carro alegórico da escola contou com a participação do publicitário Washington Olivetto.

Além de Olivetto, muitos atletas do Corinthians integraram o desfile, como o goleiro Cássio.