Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Rico Rondelli, filho de Chico Anysio, fala sobre a recuperação do pai

Rico Rondelli, um dos filhos de Chico Anysio, curtiu o carnaval carioca do Camarote CARAS, na Sapucaí, e mostrou ter fé na recuperação de seu pai. “É devagarinho mesmo, mas ele está respondendo bem”

Redação Publicado em 19/02/2012, às 20h56 - Atualizado às 21h15

Rico Rondelli e Michele Felippe - YURI  GRANEIRO
Rico Rondelli e Michele Felippe - YURI GRANEIRO

Rico Rondelli, filho do humorista Chico Anysio (80), foi conferir a beleza do carnaval diretamente do Camarote CARAS, na Sapucaí, e ficou encantado com o que viu. “Aproveitamos uma folguinha para vir curtir o carnaval com vocês. É uma festa linda e um momento mágico para as escolas, que se prepararam tanto para este dia tão especial”, declarou enquanto conferia os desfiles das escolas de acesso.

Sobre a saúde de seu pai, Rico está – bem como toda a família – confiante na melhora e total recuperação do humorista. “Ele está melhorando, está no período que os médicos chamam de desmame. Está retirando os respiradores. É um processo meio lento, mas ele está respondendo bem. Ele já passou por isso antes, a própria família sabe como é isso. É devagarinho mesmo, não pode ser de uma vez”, explicou, demonstrando fé na cura do humorista.

No último dia 17, a família tomou um susto quando um novo quadro de infecção pulmonar foi apresentado por Chico. A infecção, entretanto, já foi encontrolada e ele segue lúcido, respirando sem ajuda dos aparelhos por algumas horas ao longo do dia.

Histórico
Chico foi internado em 30 de novembro, com infecção urinária e febre, e recebeu alta em 21 de dezembro para passar o Natal em casa. Mas retornou ao hospital no dia seguinte, com hemorragia digestiva alta. Ele deixou a UTI no dia de Natal e celebrou a data com familiares, no quarto do hospital. Na noite do dia 26, os médicos optaram por transferi-lo novamente para o CTI, onde se encontra até o momento.