Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Novo vocalista do 'Chiclete', Rafa Chaves diz que não 'trocou figurinhas' com Bell Marques sobre o carnaval

Prestes a estrear no carnaval, ele conta que é 'chicleteiro' desde criancinha e sabe da responsabilidade em comandar um trio em Salvador. 'A ansiedade é natural', diz

Kellen Rodrigues Publicado em 11/02/2015, às 15h36 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Chiclete com Banana - Divulgação
Chiclete com Banana - Divulgação

O carnaval de 2015 será um divisor de águas na história de 35 anos do Chiclete com Banana e, sobretudo, na vida do novo vocalista do grupo, Rafa Chaves. Após o assumir os vocais com a saída de Bell Marques, ele fará sua estreia na festa mais popular do país no dia 12 de fevereiro, no Camarote Salvador. 

Chicleteiro desde criancinha, o cantor de 28 anos sabe da responsabilidade que carrega e se diz pronto para a maratona de nove shows em quatro estados - o que inclui, claro, comandar o trio na capital baiana. "A ansiedade é natural e acredito que seja positiva, afinal, é um sonho sendo realizado", afirma à CARAS Digital. "Tenho certeza que quando nós dermos o primeiro acorde na avenida, tudo passa, a ansiedade e o nervosismo", acredita.

Fã de Bell Marques - que anunciou sua saída do Chiclete em setembro de 2013 e se despediu no carnaval do ano seguinte -, Rafa conta que não teve oportunidade de conversar com o veterano para trocar figurinhas. "Mas te digo que seria maravilhoso. Todos nós artistas baianos temos ele como referência".

Veja o bate-papo com o cantor:

- Você era um chicleteiro? Qual sua melhor história como fã da banda?
Com certeza, quem trouxe essa paixão pra dentro de casa foi minha avó que sempre foi chicleteira. Lembro uma vez que ela conseguiu reunir a família toda pra ir um dia de carnaval ver o Chiclete passar na avenida. Foi lindo demais, a família curtindo o chicletão.

- Como é hoje ser vocalista de um grupo que você era fã?
Um sonho que vou descobrindo todo dia que é realidade. Sempre agradeço a Deus por esse momento e peço força, foco e paz para seguir em frente

- Comandar um trio com o Chiclete no carnaval de Salvador é uma grande responsabilidade, hein? Está nervoso?
Realmente é uma responsabilidade enorme, mas me enche de orgulho estar participando do meu primeiro desfile no carnaval de Salvador com o Chiclete com Banana. A ansiedade é natural e acredito que seja positiva, afinal, é um sonho sendo realizado. Mas tenho certeza que quando nós dermos o primeiro acorde na avenida, tudo passa, a ansiedade e o nervosismo. E essa emoção se transforma em música, pois esse é o nosso objetivo, levar alegria, como o Chiclete sempre fez.

- E como é a preparação para a maratona?
Muito intensa! Fazendo muito exercício de condicionamento físico, cuidando da voz e da mente para aguentar a maratona de nove shows em seis dias.

- Como tem sido o retorno dos chicleteiros? Já se sente em casa?
Recebi mensagens de chicleteiros apoiando, e isso nos enche de orgulho, e faz com que cada dia mais tenhamos mais vontade de subir no palco e tocar pra eles.

O que mudou na sua vida do ano passado pra cá?
Algumas coisas, como o reconhecimento do público numa proporção maior. Também a responsabilidade aumentou bastante, mas o que me deixa muito feliz e que mudou bastante foi a forma de trabalhar. Sempre fui aquele cantor  "faz tudo"  (risos). Eu era o produtor, o roadie, e tudo que fosse preciso. Hoje temos um estrutura grande, com os melhores profissionais envolvidos.

- Já está acostumado com o assédio?
Coisa boa é fácil de acostumar (risos). O reconhecendo é muito gratificante para o artista.

- Você tem contato com o Bell? Trocou figurinhas com ele ou pediu algum conselho sobre o carnaval?
Não tive essa oportunidade, mas te digo que seria maravilhoso, porque todos nós artistas baianos temos ele como referência.

- O que o Chiclete preparou para este carnaval?
Preparamos um repertório massa. Brindaremos o público com muitos sucessos do Chiclete e também misturamos muita coisa nova à levada do Waltinho e Deny. E como diz Wado: "Vamos furar o chão".

- Como está sendo a adaptação da banda?

Perfeita. Quando começamos os ensaios,  antes mesmo de fazermos o primeiro show com a minha presença, já sentimos muita sintonia e muito respeito um pelo outro... Saímos dos shows felizes com o resultado e comemoramos como se fosse sempre a nossa primeira apresentação!! Isso é incrível!!

- Vocês já estão preparando um primeiro CD com esta nova formação? Já escolheram as músicas? Quando deve sair?
O CD ficou pronto agora e tá show de bola!! Ficamos muito satisfeitos com o resultado. Fizemos 3 regravações do chiclete e gravamos 11 inéditas. O álbum vem com 14 músicas escolhidas a dedo com muita paciência pra fazer o melhor. Estamos preparando tudo para lançar depois do carnaval.

Confira a agenda do Chiclete com Banana no carnaval:

12 de fevereiro – Carnaval de Salvador - Show no Camarote Salvador, em Ondina
13 de fevereiro – Carnaval de Salvador -  Bloco Nana Banana
13 de fevereiro – Carnaval de Barreiras - BA
14 de fevereiro – Carnaval de Salvador - Bloco Nana Banana
15 de fevereiro – Carnaval de Ouro Preto - MG
15 de fevereiro – Carnaval de Votuporamga - SP
16 de fevereiro – Carnaval de Salvador -  Bloco Papa
17 de fevereiro – Carnaval de Floriano – PI
18 de fevereiro – Carnaval de Porto Seguro - BA