Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

O tema musical da São Clemente

Lília Cabral com a filha e Paulo Rocha em aventura teatral

Redação Publicado em 22/02/2012, às 14h32 - Atualizado às 14h44

As baianas da escola incorporam Carmen Miranda em enredo que fala dos musicais. - gianne carvalho e samuel chaves
As baianas da escola incorporam Carmen Miranda em enredo que fala dos musicais. - gianne carvalho e samuel chaves

Com o enredo Uma Aventura Musical na Sapucaí, a São Clemente levou para o Sambódromo carioca referências a grandes espetáculos musicais. Sucessos brasileiros como A Ópera do Malandro e internacionais como A Noviça Rebelde, O Fantasma da Ópera, Hair e A Bela e a Fera foram representados em fantasias e carros alegóricos. A escola ousou também na trilha sonora, colocando um violinista na bateria. Com 80 componentes, a ala das baianas teve sua fantasia inspirada nos balangandãs de Carmen Miranda (1909-1955).

Mesmo sem saber sambar, Lília Cabral (54) era uma das mais animadas. Acompanhada da filha, Giulia (15), a protagonista de Fina Estampa chegou ao Camarote Devassa junto com o colega de elenco Paulo Rocha (34), que passava seu primeiro carnaval no Rio. “Viemos com vários portugueses”, revelou a atriz. Bastante solicitada por fãs, Lília contou que percebe o assédio de forma diferente. “Não é aquela coisa histérica. É com bastante respeito. Encaro como um reconhecimento do meu trabalho”, disse ela. “A Griselda é muito popular porque trouxe à tona valores importantes. Há tempos não se via uma heroína assim”, completou Lília, citando seu personagem. Entusiasmado, o português Paulo disse que o carnaval do Rio é um grande encanto. Apesar da fama, o galã avisou que não vai morar no Brasil em definitivo. “A experiência da novela foi maravilhosa, mas já tenho trabalho na Europa para quando terminarem as gravações”, justificou o lusitano.