Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Mocidade retrata ícone da pintura

Clara Garcia, Galvão e Helena Ranaldi: o legado de Portinari

Redação Publicado em 22/02/2012, às 14h45 - Atualizado às 14h48

Em enredo sobre os 50 anos de morte do pintor brasileiro, o carro abrealas, com o busto do artista, encanta os atores Clara Garcia, Eduardo Galvão e Helena Ranaldi. - clara garcia e nilton ricardo
Em enredo sobre os 50 anos de morte do pintor brasileiro, o carro abrealas, com o busto do artista, encanta os atores Clara Garcia, Eduardo Galvão e Helena Ranaldi. - clara garcia e nilton ricardo

A Mocidade Independente de Padre Miguel levou o talento de Candido Portinari (1903-1962) para a Sapucaí. Em seu enredo, a verde e branco prestou homenagem aos 50 anos de morte do artista, um dos mais importantes pintores brasileiros de todos os tempos. Ainda no início do desfile, o carro abre-alas Por Ti, Portinari — O Universo, com o busto do artista de 22 metros de comprimento e coberto de espelhos, perdeu o controle e chegou a bater na lateral da passarela, mas depois foi reconduzido e prosseguiu até a Praça da Apoteose.

O contratempo fez com que a Mocidade atrasasse um minuto. Ela pode ser penalizada com um ponto. Apesar do acidente, a apresentação arrancou elogios de Eduardo Galvão (49), torcedor da União da Ilha. “Gosto de arte, do  espetáculo carnavalesco. Admiro o trabalho e o empenho de todos. É uma festa muito bonita e não pode ter rivalidade entre as escolas, mas sim um carinho mais especial por alguma delas”, afirmou o ator, que este ano desfilou pela São Clemente. “Mas a Ilha está no meu coração e faz parte da minha história. Eu vivi no bairro até os 29 anos e sempre fui aos ensaios. Tenho muitas lembranças de infância”, frisou ele, de férias da TV após a minissérie Dercy de Verdade, cujo último capítulo foi exibido em janeiro.

Ao lado de Eduardo na plateia, Helena Ranaldi (45) mostrava-se animadíssima. De saia curta e barriguinha à mostra — com 55kg em 1,72m —, a atriz não resistiu ao samba das escolas. “É difícil parar de dançar. As agremiações estão criativas, com músicas ótimas e surpreendentes. O nosso carnaval é mesmo o maior espetáculo da terra”, disse ela, que está no ar em Fina Estampa. “Acho a trama engraçada e com personagens ótimos”, elogiou a intérprete da ex-modelo Chiara, ao lado da atriz Clara Garcia (40).