Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Madrinha da Gaviões, Sabrina Sato lamenta: ‘Cadê o respeito e amor pelo samba?’

Sabrina Sato lamentou o tumulto na apuração das escolas de samba de São Paulo. Veja os famosos que também comentaram o ocorrido

Redação Publicado em 21/02/2012, às 18h56 - Atualizado às 19h09

Sabrina Sato - Manuela Scarpa/PhotoRioNews
Sabrina Sato - Manuela Scarpa/PhotoRioNews

Um tumulto seguido de incêndio durante a apuração das escolas de samba de São Paulo deixou perplexo o público que acompanhava a contagem nas notas na tarde desta terça-feira, 21. O integrante da Império de Casa Verde invadiu o espaço onde era feito o anúncio dos resultados e rasgou os papeis com as notas. Em seguida, a confusão foi instaurada e membros de outras escolas, em maior número da Gaviões da Fiel, partiram para o vandalismo. Grades foram derrubadas e carros alegóricos incendiados.

A apresentadora Sabrina Sato (31), madrinha de bateria da Gaviões, lamentou o ocorrido. “Muito triste tudo isso que está acontecendo. Estou sem TV acompanhando aqui pelo Twitter... Cadê o respeito e amor pelo samba?”, questionou. Outros famosos também usaram a rede social para se pronunciar sobre o ocorrido:

Juliana Alves: Que vergonha no carnaval de São Paulo! O desfile das escolas é a grande festa de exaltação do SAMBA!”.

Christine Fernandes: “A ignorância é uma ameaça perigosa. Pra acabar com o boçal que vandaliza, só com educação minha gente!”

Regina Casé: “Não interessa quem começou ou espalhou a violência, adoro torcidas ORGANIZADAS, acho um horror torcidas VIOLENTAS!”.

Fernanda Paes Leme: “E esse papo de "foi ele que começou" é muito quinta série...se depois um bando continua a brigar TODOS estão errados e tem que ser punidos!”

Thais Fersoza: “Lamentável o que rolou na apuração de São Paulo. Uma tristeza assistir essas imagens. Muita falta de respeito”.

Preta Gil: “Tanto trabalho, tantos sonhos, e acabar assim? não me conformo”.

Bárbara Borges: “Lamentável a baixaria no final da apuração das escolas de samba de SP. Quanto vandalismo! Absurdo!”