Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia!

Confira o que as Escolas de Samba levarão para a segunda noite de desfiles no Anhembi

Sete escolas passarão pela avenida no sábado, 2, os desfiles começarão às 22h30

CARAS Digital Publicado em 22/02/2019, às 19h29 - Atualizado às 19h33

Segunda noite terá a apresentação de sete agremiações - Divulgação
Segunda noite terá a apresentação de sete agremiações - Divulgação

Está chegando a hora mais esperada pelos amantes do Carnaval! Os desfiles das Escolas de Samba! Na próxima sexta-feira, 1, e sábado, 2, as escolas de Samba de São Paulo começarão a desfilar pelo Anhembi, colocando em 65 minutos de apresentação um ano inteiro de trabalho de suas respectivas comunidades e setores. A segunda noite de apresentações começará mais cedo, a partir das 22h30 e invadirá a manhã do domingo, 3.

Grandes agremiações atravessarão a pista em busca de concretizar o sonho de levantar o caneco do Carnaval de 2019. Com sete diferentes temas, as escolas buscarão as notas 10 em todos os quesitos para coroar todo o esforço dispensado para colocar o trabalho para a análise dos jurados e dos foliões que acompanharão de perto o espetáculo.

Caso você queira ainda prestigiar os desfiles, ainda existe a possibilidade de comprar as entradas, que variam de R$90 a R$160 nas arquibancadas. Basta ir até a bilheteria do Sambódromo do  Anhembi e garantir a presença na festança.

A fim de mostrar um pouquinho do que cada agremiação levará para a avenida neste ano, resolvemos fazer um especial para situá-lo sobre o que acontecerá nestes dois dias de muita folia e alegria na capital paulista!

1ª – Águia de Ouro

A agremiação da Pompéia será responsável por abrir a segunda noite de desfiles. Começando mais cedo, a agremiação iniciará a apresentação a partir das 22h30. Com um tema mais reflexivo, a escola trará para o público uma crítica social, a qual será embasada na situação política do país e todo o histórico de corrupção que ronda a atualidade brasileira.

Com o título: “Brasil, eu quero falar de você! Que país é esse”, será apresentado a ideia da negatividade da ganância e todas as consequências que ela traz para o desenvolvimento de uma sociedade e, consequentemente, do país.

A escola foi a campeã do Grupo de Acesso em 2018. Para este ano, a agremiação conta com a ajuda de um grande nome do Carnaval em sua comissão responsável, o carioca Laíla, que ficou conhecido por ganhar diversos títulos no comando da Beija Flor de Nilópolis.

2ª – Dragões da Real

A segunda escola da noite entrará na avenida às 23h35. Vivendo uma grande crescente, a agremiação trará para os foliões um tema bem diferente do que o que estamos acostumados: O Tempo! E nesta pegada, a escola tentará encantar o público e os jurados e conquistar a tão sonhada estrela.

O título da obra está assinado como: “A Odisseia do tempo, uma invenção em 65 segundos”.  O carnavalesco Mauro Quintaes disse que a agremiação contará a relação do homem com o tempo e proporcionará um passeio sobre a história da humanidade e todas as formas dos seres se relacionarem com as horas e os ponteiros.

Tentando despertar uma espécie de provocação em todos que se depararem com a passagem da caçula do Anhembi pela passarela, a manipulação e relações entre presente e passado tendem encantar a todos. 

3ª – Mocidade Alegre

A Morada do Samba será a terceira escola da segunda noite de desfile. Com horário previsto para às 0h40, a agremiação vem fortíssima para disputar o título. A agremiação contará para o público uma lenda indígena.

Com o título “Ayakamaé; as águas sagradas do sol e da lua”, a comunidade do Limão pretende formar uma imensa tribo vermelha nas pistas do sambódromo paulistano. Além disso, alguns mistérios e magias da Amazônia serão contados no decorrer da apresentação da escola da zona norte de São Paulo.

Detentora de 10 títulos, a Mocidade Alegre busca aumentar mais ainda suas conquistas e ficar bem perto da Escola de Samba Vai Vai, que detém 13 conquistas.  

4ª – Vai Vai

A Escola de Samba Vai Vai, maior detentora de títulos, com 13 conquistas na conta, será a quarta escola a brilhar no Anhembi. Com um enredo forte e impactante a comunidade da Saracura buscará colocar mais um troféu em sua sala de conquistas.

A ideia da escola, que tem o horário previsto para à 1h45, será transmitir a ideia de resistência do povo negro. A agremiação terá como título principal: “O quilombo do futuro”

No decorrer do desfile, a escola exaltará grandes personalidades, desde a antiguidade até os dias de hoje. Mostrando o poder destas celebridades, a agremiação fará uma crítica para colocarmos um ponto final, de vez, em situações preconceituosas.

Em seu samba a agremiação diz que surpreenderá a todos ao contar um pouco das “linhas que a história apagou”. 

5ª – Rosas de Ouro

A comunidade azul e rosa da Zona Norte será a quinta escola a desfilar na segunda noite de apresentações. Com horário marcado para às 2h50, a agremiação contará a história da Armênia.

Com o título “Viva Hayastan”, a agremiação trará para o público toda a rica história do país homenageado. Citando suas culturas, hábitos, culinária, turismo e todas as vertentes que o torna um local que merece tal honraria. 

Além disso, o povo e suas comemorações renderão grande parte da passagem da escola pela avenida. Com um teor histórico, a Rosas de Ouro pretende surpreender a todos e mostrar o que poucos sabem sobre os armênios. 

6ª – Unidos de Vila Maria

A Unidos de Vila Maria será a sexta escola a animar a noite dos foliões! Com horário previsto para às 3h55, a agremiação da Zona Norte também contará a história de um país, só que latino americano, o Perú.

A fim de trazer a história deste povo e toda sua cultura a hábitos, a escola convidará todos presentes a embarcar em uma viagem nas asas de um condor, fazendo referência a uma ave do local.

Com o título “Nas asas do grande pássaro o vôo da Vila Maria ao império do sol”, a escola verde e azul ressaltará todos os detalhes encantadores do local que tem muita história para contar! 

7ª – Gaviões da Fiel

Fechando a noite de desfiles do Grupo Especial de São Paulo, a Gaviões da Fiel, oriunda de uma torcida organizada, entrará na avenida por volta das 5h da manhã do domingo,3.

A agremiação optou por reeditar um famoso samba enredo, que o rendeu o vice campeonato do Carnaval de 1994. Contando a história e as lendas do tabaco, seus benefícios e malefícios, a agremiação pretende conquistar os décimos que faltaram naquele ano e celebrar o tão esperado título.

Com o título “A saliva do santo e o veneno da serpente”, a escola preta e branca busca sua quinta conquista no Carnaval Paulistano. 

Contando com sua imensa torcida, a agremiação promete surpreender todos presentes com uma nova estética e muita vontade de entrar para história da disputa carnavalesca.