Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Carnaval / Folia

Alinne Rosa e Diego Pombo trocam gentilezas, mas continuam negando affaire

Após ser eleita por Diego Pombo como musa do carnaval baiano, Alinne Rosa retribui o elogio e nega envolvimento com o rapaz

Redação Publicado em 21/02/2012, às 17h25 - Atualizado às 17h37

Alinne Rosa, vocalista da banda Cheiro de Amor - Uran Rodrigues
Alinne Rosa, vocalista da banda Cheiro de Amor - Uran Rodrigues

Alinne Rosa (29) e Diego Pombo mostram que se gostam, mas negam qualquer envolvimento. Nesta terça-feira, 21, um dia após o modelo afirmar que eles são apenas amigos, a cantora recebeu a CARAS Online em seu camarim pouco antes de iniciar seu último show de carnaval no circuito Barra/Ondina, em Salvador, e comentou brevemente o assunto.

“Diego é um fofo. Ele também é muso. Se ele falou, eu acredito”, disse a vocalista da banda Cheiro de Amor. Os rumores começarem após o rapaz eleger Alinne como musa do carnaval baiano.

Mas, mudando de assunto, Alinne subiu ao trio vestida de indiana e contou um pouco de seu dueto com Mikael Mutti. “Hoje estou recebendo o Mikael, que está concorrendo com Carlinhos Brown (49) ao Oscar e vamos fazer essa bagunça bem gostosa”.

E se engana quem pensa que ela irá tirar folgas após. A banda Cheiro de Amor está com a agenda cheia e Alinne terá apenas 10 dias de férias este ano, porque não consegue ficar longe dos palcos. A bela, que estreou como atriz na minissérie O Brado Retumbante, ainda não tem planos para voltar a atuar, mas falou dos projetos da banda. “Só posso adiantar que estamos finalizando o CD duplo da banda. Um será para dançar e outro para amar”, finalizou.

Já Mikael Mutti, que fez dez shows nos Estados Unidos em 2011 e viajará com Carlinhos Brown para o Oscar, conta que preparou uma versão remix da música Me Agarra para sua apresentação com a Cheiro de Amor “Vou participar da percussão desse desfile com o aparelho que criei: o braço de um vídeo game adaptado num iPad. Batizei o aparelho com o nome de Tereza em homenagem a minha avó”. E acrescentou, comentando a indicação ao grande prêmio do cinema mundial: “O que vier agora é lucro. É uma honra representar o Brasil em um prêmio tão importante. Não dá para descrever a sensação de ter um trabalho reconhecido pelo cinema”.