big-brother Falou tudo

Pyong Lee fala sobre acusações de assédio e relembra reação de Sammy: ''Magoada''

Pyong Lee diz estar tranquilo sobre depor em caso de assédio e fala sobre reação da mulher, Sammy

CARAS Digital Publicado quarta 8 abril, 2020

Pyong Lee diz estar tranquilo sobre depor em caso de assédio e fala sobre reação da mulher, Sammy
Pyong Lee fala sobre acusações de assédio e relembra reação de Sammy: ''Magoada'' - Instagram

Pyong Lee acabou se envolvendo em diversas polêmicas após sua eliminação do Big Brother Brasil.

Acusado de assédio, ele terá que depor na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, no Rio de Janeiro. Em entrevista exclusiva para Patricia Kogut, do O Globo, o ex-participante afirmou estar tranquilo e garantiu que não irá repetir os mesmos erros.

"Meu posicionamento em primeiro lugar é de dizer que errei mesmo, exagerei na questão da festa. Eu já pedi desculpa e peço novamente a quem se sentiu ofendido e a quem se chateou de alguma forma. Mas lá dentro mesmo eu fui atrás das pessoas. Elas mesmas disseram que não era nada e acabaram se desculpando. Então, não sei. Não assisti, não vi de fato o que aconteceu e não lembro. Acho um pouco forte as pessoas acusarem e falarem que foi assédio, sendo que as que foram envolvidas continuaram minhas amigas, falaram que não foi nada demais. Pedi desculpas mesmo elas tendo falado que não foi nada, mas eu não repeti o erro. Acho que o importante é reconhecer o erro, se arrepender", disse.

Em outro momento, ele falou sobre a reação da mulher, Sammy, e confessou que ela ficou magoada com o que aconteceu.

"Óbvio que ela ficou chateada, magoada. Ela tinha toda razão para isso, porém eu cheguei de coração aberto para ouvir tudo o que ela tinha para falar. Cheguei querendo ouvi-la para entender como ela sentiu o que aconteceu. E pedi perdão, disposto a me esforçar para mudar e melhorar. E foi com o mesmo objetivo: se eu pedi perdão, é porque não vou repetir o problema, o que aconteceu. E conversamos tranquilamente assim. Em relação à questão na Justiça, eu já tinha um advogado anterior e vamos ao Rio assim que eles solicitarem. Realmente atrasou por causa do coronavírus. E a gente vai comparecer para que eu fale tudo o que precisar. Estou tranquilo em relação a isso", concluiu.

Enquanto estava confinado, Pyong acabou perdendo o nascimento de seu primeiro filho, Jake, que veio ao mundo no dia 16 de fevereiro.

Receba notícias da CARAS Brasil no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!

Último acesso: 06 Jun 2020 - 12:13:12 (348289).