Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Big Brother / Falou tudo!

Produtor e ex-namorado de Karol Conká reflete sobre o BBB21: ''Tiro no pé''

Caio Piovesan, ex-namorado de Karol Conká, fala sobre o BBB21

CARAS Digital Publicado em 10/02/2021, às 07h19 - Atualizado às 07h51

Produtor e ex-namorado de Karol Conká reflete sobre o BBB21 - Reprodução/Instagram
Produtor e ex-namorado de Karol Conká reflete sobre o BBB21 - Reprodução/Instagram

Caio Piovesan, ex-namorado de Karol Conká e produtor da rapper, conversou com Fábia Oliveira, do jornal O Dia, e falou sobre as polêmicas atitudes da artista no BBB21.

"A Karol errou muito, mas ela não é do mal. É uma mulher amorosa e como qualquer ser humano comete erros, perde a cabeça e explode quando se irrita. Ela fez coisas horríveis, mas a minha preocupação é com a saída dela. Karol vai sofrer, não porque está perdendo prestígio ou dinheiro, mas pelas ações no jogo", garantiu ele.

O produtor ainda confessou que acredita que Karol saia do reality como uma das maiores rejeições da história do BBB. "Ela deu um tiro no pé ao entrar no programa".

"Ninguém assistia muito o 'Big Brother Brasil'. Esta é a verdade e a própria Karol se preparou muito pouco achando que sendo ela mesma, estaria tudo bem. Só que o jogo é muito doido! A gente tinha uma preocupação com a animosidade dela porém eu, a mãe dela e o filho sabemos lidar com a situação porque conhecemos o coração dela. Os outros não sabem", completou.

Em outro momento, ele também relembrou a discussão da artista com Carla Diaz e as polêmicas comLucas Penteado. "Ela mandou muito mal com a Carla Diaz e ao expulsar o Lucas da mesa foi uma parada horrível. Com certeza ela se arrependeu deste episódio e, certamente, vai se arrepender mais ainda quando souber o contexto aqui fora. Nós da equipe não queremos fazer da Karol uma vítima. O que queremos é manter a sobriedade e esperar a saída do 'BBB' para que ela possa se retratar pessoalmente. Acho covarde a classe artística toda atacá-la sem ela poder se defender. A Karol nunca cancelou ninguém aqui fora, nunca falou mal da Ludmilla, por exemplo. A Ludmilla fez um show para um ditador africano e já foi cancelada por várias situações e a Karol nunca falou mal dela nem de ninguém. Foi covardia".