CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Big Brother / INDIGNADO

Ex-BBB Gustavo Beats critica hipocrisia do público do reality: ‘Cancelamento seletivo’

Gustavo Beats afirmou que o público do BBB 23 é seletivo, já que Tina Calamba foi eliminada por ser vista como grosseira e Bruna Griphao chegou na final

por Marcela Almeida

malmeida@caras.com.br

Publicado em 25/04/2023, às 19h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Gustavo Beats criticou o público do BBB 23 - Foto: Reprodução
Gustavo Beats criticou o público do BBB 23 - Foto: Reprodução

Gustavo Beats criticou o público do BBB 23 em entrevista ao Críticos do BBB da Contigo!. O ex-BBB declarou que Tina Calamba foi eliminada por ser vista como grosseira, mas Bruna Griphao, que gritou  e ofendeu outros participantes, conseguiu chegar na final do reality show. "Cancelamento seletivo", disparou o namorado de Lais Caldas.

A modelo foi a terceira eliminada do programa após ser vista como uma pessoa ríspida. Ao longo de sua trajetória na casa, ela colecionou alguns desafetos, como o de Cezar Black, após negar o empréstimo de suas perucas ao enfermeiro. Ao ouvir críticas sobre sua personalidade, Tina justificou que é direta pelo fato de ter nascido na Angola.

"A Tina tinha que ter ficado lá. Tirar a Tina porque é grosseira e ter uma Bruna chegando na final é uma completa hipocrisia do público. É bem diferente o jeito [das duas sisters]!", disparou o bacharel em Direito que participou da 22ª edição do reality da Globo.

"A Tina não era grosseira, ela tinha postura. Ela era empoderada, ela falava e não tinha medo de opinar", afirmou o ex-BBB Vyni, que também participou do Críticos do BBB da Contigo!. "Eu nunca vi a Tina xingando ninguém, ofendendo ninguém, usando palavras de baixo calão e mesmo assim ela foi eliminada!", concluiu o influenciador digital.

Lais Caldas, também do BBB 22, esteve ao lado dos colegas de edição do Big Brother Brasil. Ela declarou sua torcida para Amanda Meirelles ser a vencedora do BBB 23. Ela simpatizou com a médica por ser sua colega de profissão e já ter dito dentro da casa gostar dela. Entretanto, os três ex-BBBs concordam que outras pessoas deveriam estar na final do reality ao invés de Amanda, Bruna e Aline Wirley. "Tem participante que a gente se identifica, mas não necessariamente merecia estar ali", disparou Vyni.