CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Big Brother / Eita!

BBB 24: Pitel faz proibição em quarto após saída de Rodriguinho

Após eliminação de Rodriguinho do BBB 24, Pitel faz proibição para brothers no quarto; sister declara luto depois da saída do cantor

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 28/02/2024, às 08h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pitel faz proibição no Quarto Gnomo - Reprodução/Globo
Pitel faz proibição no Quarto Gnomo - Reprodução/Globo

Após a eliminação de Rodriguinho do BBB 24 nesta terça-feira, 27, Pitel tomou uma decisão no Quarto Gnomo. Muito próxima do cantor, a sister fez uma proibição no cômodo e impediu que outros brothers fizessem algo no recinto.

O que a participante resolveu proibir foi que alguém deitasse na cama que era usada pelo Camarote. Segundo Pitel, ela e Fernanda estão de luto após a saída do amigo, com quem ficavam conversando no local.

"Hoje ninguém vai dormir. Ninguém vai dormir na cama do Rodrigo hoje não. A cama dele vai ficar sem ninguém, a gente está de luto", declarou a sister. "O cara morreu?", questionou Lucas Henrique. "Para o jogo, morreu. Todo mundo que passou por aquela porta morreu para o jogo. A gente está de luto, e esse é o lugar dele que a gente está velando. Por favor, saia em respeito ao defunto", pediu a sister.

Lucas continuu deitado na cama, e Pitel insitiu: "Eu posso ter o meu momento?". "Você pode velar", respondeu o brother. "Sem você em cima dele", rebateu a sister. "Eu não estou em cima dele", disparou Lucas, sorrindo. "Está em cima da imagem que eu tenho dele. Saia", pediu ela novamente.

Eliminado do BBB 24, após falar bastante que gostaria de sair do reality show, Rodriguinho ficou em choque ao saber o número de seguidores de alguns participantes. Um deles foi Davi, brother que ele alegava não suportar.

O discurso de eliminação de Tadeu Schmidt para Rodriguinho

"Quando eu terminar, seremos 15. Estamos diante de um paradoxo. Todo mundo sabe o que é isso? Paradoxo é uma ideia que parece fazer sentido, parece construída com premissas razoáveis, mas, quando você analisa, você vê que não faz sentido. Ela fere a lógica, que essa ideia é uma contradição em si própria. Aqui temos o paradoxo de Rodriguinho. Rodriguinho quer ir embora. Ora, se você é o mais querido do paredão, o público vai querer que você fique. Portanto, o público não vai atender ao seu desejo, embora você seja o mais querido. Se você é o menos querido do paredão, o público quer mandar você embora, mas não é para atender a sua vontade porque você é o menos querido. Entendem? É um paradoxo", disse ele.

"Evidentemente, dizer que quer ir embora, ajuda a ir embora. Dizer que R$ 3 milhões não fazem a diferença, que não está se importando com isso ou com aquilo, ajuda a ir embora. O telespectador, o mesmo cidadão que vai lá votar para eliminar, pensa: se eu estivesse aí dentro, eu ia dar muito mais valor. Jamais houve um campeão que trata-se a vitória como tanto faz. Agora, imagine se, depois de se esforçar tanto para ir embora, o Rodriguinho não vai. E se ele tivesse conquistado simpatia justamente por ser desse jeitão? Porque foi isso que ele fez aí dentro. É rabugento, mas é divertido, engraçado, é metido, mas é carismático, junta as pessoas em torno dele sem fazer esforço. Quando fica triste, e ficou, como jamais imaginou, todo mundo corre para cantar, para fazer ele ficar feliz, até os maiores adversários. Ele detona os adversários, fala barbaridades, mas é de um amor enorme com os seus. Desenvolveu uma rivalidade desde o começo do programa, mas é capaz de olhar exatamente para este rival e enxergar o próprio filho", completou.

Então, Schmidt falou um pouco sobre os outros dois emparedados. "E se essa contradição toda for exatamente o que conquista o público, aí é programa para a Nanda, ou é problema para o Buda. Aí seria porque tem alguma questão mais importante em torno da Nanda, o que? Acabou de voltar de um paredão, que para todo mundo aí dentro parecia decidido. E se a força dela for o suficiente apenas para superar aquela adversária, e agora ela está indefesa. E o Buda, mais um estreante no paredão. Ninguém faz ideia se ele é daqueles que se bater no paredão sai ou se vai voltar de 10 paredões, ou se depende apenas de uma combinação certa para sair. E se a combinação certa for exatamente essa, Nanda e Rodriguinho, do mesmo time, do time que faz da acidez a sua graça. E se perto dessa dupla o capoeirista ficou sem qualquer graça. Será? Será que vale a pena ser um leão apenas dentro do quarto, como muitos pensam, ou é preciso partir para o cara a cara?".

Por fim, o apresentador declarou: "Quem fica ainda tem tempo de acordar, ou vai dizer que prefere apertar o botão? Deu sorte neste paredão. Quem sai, sai pelo que fez, e pelo que disse, pelo que deixou de fazer, e pelo que deixou de dizer, e pela forma como as pessoas viram tudo isso. Sim, no BBB, você também depende disso. Aqui, valem muito as palavras do autor mexicano Dom Miguel Ruiz: “Seja impecável com a sua palavra”. Do contrário, o público pode ser implacável com você. E hoje o público decidiu que quem sai é quem queria sair, vem Rodriguinho".