CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Big Brother / Eita!

BBB 24: Fernanda consola Leidy e critica brother: 'Brasil passando pano'

Após eliminação de Yasmin e chamada de atenção de Tadeu Schmidt, Fernanda consola Leidy e dá opinião polêmica sobre brother

Nataly Paschoal

por Nataly Paschoal

npaschoal@caras.com.br

Publicado em 13/03/2024, às 09h15

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fernanda consola Leidy - Reprodução/Globo
Fernanda consola Leidy - Reprodução/Globo

Após a saída de Yasmin Brunet do BBB 24 com mais de 80 % dos votos e a chamada de atenção de Tadeu Schmidt depois de Leidy Elin jogar as malas de Davi na piscina, Fernanda consolou a trancista que começou a chorar.

No Quarto Gnomo, os brothers conversaram sobre a situação e a confeiteira deu sua opinião, tentando deixar a participante melhor. "Eu não sei como está lá fora, não sei se minha mãe está mal. Aí eu fico preocupada", desabafou Leidy após tomar o esporro ao vivo e em frente a todos.

Fernanda, então, disse dando uma opinião polêmica: "Calma, calma. Você enfrentou um garoto que está todo mundo vendo que está fazendo tudo errado e o Brasil está passando pano, ou a gente acha que está passando pano, na verdade, talvez nem esteja passando tanto pano assim. Então, você continue enfrentando...".

Lucas Henrique interrompeu: "É só a hora certa, gente. Não viram o discurso do Tadeu? Acumulou poeira. Ele falou a mesma coisa tanto pra Yasmin quanto pra Cunhã. O motivo que eliminou a Yasmin também eliminaria a Cunhã".

Os brothers repercutiram o discurso de Tadeu Schmidt. Raquele tentou acalmar a sister: "Não fica assim, sua mãe está bem".Pitel chamou a sister e Leidy foi para a cama derramando lágrimas. Lucas Henrique brincou: "Não fala chorando, porque ninguém te entende".

Logo após o discurso de Tadeu Schmidt sobre a eliminação de Yasmin Brunet, Fernanda compartilhou o que enxergou nas palavras do apresentador. A sister então compreendeu um recado sobre uma participante.

Ainda no Quarto Gnomo, Leidy Elin revelou que recebeu um recado no confessionário quando foi fazer o Raio-X. A sister levou um esporro de Tadeu Schmidt no ao vivo após jogar as malas de Davi na piscina

Leia o discurso completo de Tadeu Schmidt para a eliminação de Yasmin Brunet:

"Quando eu terminar, seremos 12. Seguindo a fantasia de ontem, se o BBB fosse um conto de fadas, o capítulo de hoje seria: a guerreira, a sereia e o capoeira. Uma história que atravessa favela, mar e floresta. Assim como atravessa as almas de três personagens conhecidos por suas atividades que eles exercem desde pequenos. Tanto que eu nem precisaria dizer seus nomes. Aliás, lembra Lucas que, na primeira vez que eu falei contigo, eu errei seu nome? Eram vários Lucas na casa e esse Lucas também são vários. Henrique, capoeira, Buda, se bobear tem até mais apelido e a gente que não está sabendo. São muitas alcunhas. Eu falei cunha? É Cunhã. De vez em qualquer, alguém aí fala cunha, como se fosse cunhada de alguém, mas é Cunhã, Cunhã-poranga. Mas se tem um nome que ninguém errou foi Yasmin", disse ele.

E completou: "Um dos nomes, se não o nome mais conhecido dessa edição. E nome certo de todas as listas desde que o BBB passou a ter camarote. No 24, a sereia finalmente veio para o jogo. A sereia veio para essa casa querendo mostrar quem ela realmente é. O capoeira veio para fazer história. A guerreira veio pelo prêmio. A guerreira não trouxe apenas a beleza em traços indígenas. Trouxe, cheia de orgulho, ensinamentos do maior festival folclórico a céu aberto do mundo, o boi-bumbá, e o espírito da floresta. Primeira e única moradora desta casa mágica a ter um grilo de estimação. Ela trouxe cultura popular. Assim como o capoeira, que trouxe para cá sua luta, sua arte, seu esporte. Esse homem que se vale dos ensinamentos dos grandes mestres para encontrar seu rumo. E busca a razão nos momentos mais tensos e procura manter o equilíbrio como o ser humano iluminado que lhe empresta o apelido. A sereia trouxe a experiência de modelo, que viveu, desde pequena, um ambiente muito competitivo. E conviveu, desde sempre, com uma grande exposição por causa da sereia mãe, mas jamais imaginou o tipo de competitividade e nem o tamanho da exposição que encontraria".

Logo depois, ele falou: "Qual o tamanho dos três neste capítulo da nossa história? Usando as palavras que correm pelas bocas dos habitantes deste reino, o narrador pergunta: Será que este paredão é óbvio? Será que a sorte conta? Ou será um jogo de azar? Sereia e capoeira caíram em um feitiço que lhes condenou a sete dias de azar. Jamais alguém teve nas mãos tantas imunidades quanto o capoeira e nenhuma podia ser dele, nenhuma podia ser da sereia. Mas, andando pelo morro, ele se encontrou com o grande mestre Bimba, com o grande mestre Pastinha, e ouviu deles a sabedoria: Na capoeira, você aprende que sua maior luta é contra si mesmo. Então, não culpe o azar. No meio do oceano, a sereia se revoltou e disse: se eu voltar do paredão, vou arrasar! Sem saber disso, do outro lado do reino, na floresta, a guerreira indígena invocou a mesma profecia, se eu voltar, vou fazer grande reviravolta. As duas apenas repetiram promessas vãs de histórias clássicas que se repetem há 24 gerações. Por que esperar o paredão para iniciar essa jornada?"

"O capítulo termina com a reflexão dos nossos personagens, afinal dois deles vão avançar. A guerreira não encontrou seu campo de batalha, arco e flecha ficaram acumulando poeira. O capoeira deu um rabo de arraia em si próprio. E o canto da sereia desafinou. Motivo para não viver o final feliz todo mundo tem, mas tem sempre um motivo mais urgente do que o outro. Quando sair, você vai ver o quanto poderia ter sido simples. Quem quebrou o encanto foi você. Enfim chegamos à última frase desse capítulo, que diz o seguinte: nessa grande batalha tribal, o mestre capoeirista disse ‘vem pra cá, sereia’", finalizou.