CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Big Brother / De novo?

BBB 24: Brothers correm risco de parar no 'Tá com Nada' novamente

Com o aumento do Vacilômetro no BBB 24, brothers correm risco de parar no 'Tá com Nada' pela segunda vez na edição; veja!

Beatriz e o 'Vacilômetro' - Foto: Reprodução / Globo
Beatriz e o 'Vacilômetro' - Foto: Reprodução / Globo

A situação dos participantes do BBB 24 está complicada! Isso porque os brothers correm o risco de parar no 'Tá com Nada' pela segunda vez na edição. Isso porque o Vacilômetro, que calcula as infrações dos participantes, está prestes a estourar novamente.

O medidor aumentou significantemente após a punição gravíssima recebida por Beatriz na última quarta-feira, 20. Isso porque a vendedora perdeu 500 estalecas após pular em cima de Sabrina Sato, que visitou a casa do Big Brother Brasil, e derrubá-la no chão. Por isso, a sister chegou a ser repreendida pelo Big Boss.

Esta não será a primeira vez que os participantes do BBB 24 serão punidos com o 'Tá com Nada'. Em 7 de março, Fernanda entrou na casa com um copo de uma das festas do programa, levando uma punição grave pelo ato, que acabou afetando todos os brothers. Quem estava no VIP foi para a Xepa e recebeu apenas um kit com alimentação básica para a semana.

Davi alertou sisters sobre o aumento do Vacilômetro

Mais cedo nesta quinta-feira, 21, a punição de Beatriz em seu episódio com Sabrina Sato continuou a repercutir na casa. Em conversa com Davi, Matteus e Alane, a sister revelou que ficou chateada por estalecada. "Ontem mesmo eu fiquei chateada porque eu tinha falado: "Alane, a partir de hoje, vamos nos policiar com estalecas", disse a vendedora do Brás.

Davi interrompe Beatriz e diz: "O engraçado é que eu estava sentado naquela cadeira, Alegrete estava aqui, vocês estavam ali em cima e eu falei com vocês: 'Se policiem, vocês duas estão toda hora tomando estalecada'".

O baiano segue: "A gente estava ali dando conselho e no outro dia... tome de novo. Aí, entra mais um erro, as pessoas estão observando. (...) Se a gente aqui que eles que são nossos amigos já tão falando isso, imagina quem não é nosso amigo o que está falando?", disse Davi.

"Concordo com tudo que você tá falando, só que tem um porém, a gente não imaginou que aquilo ia gerar uma punição. É diferente. Tá erradíssimo, mas a gente jamais, no calor da emoção, imaginou que um abraço nela ia fazer ela cair e causar uma punição", disse Alane.

"Tá tudo bem... ninguém tá dizendo que vocês sabiam que ia acontecer. A gente tá falando sobre controle de emoção", avaliou Davi.