Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Big Brother / Disse tudo!

Acompanhando o BBB21, Tata Werneck dá sua opinião sobre o jogo: ''Cancelar, só Deus''

Tata Werneck usa as redes sociais para fazer crítica a cultura do cancelamento em relação ao BBB21

CARAS Digital Publicado em 31/01/2021, às 11h00 - Atualizado às 11h04

Tata Werneck fala sobre o cancelamento no BBB21 - Reprodução/Instagram
Tata Werneck fala sobre o cancelamento no BBB21 - Reprodução/Instagram

Não faz nem uma semana que o Big Brother Brasil 21começou e, parece que é só disso que a web fala.

Praticamente todo mundo está acompanhando o programa. Ou, pelo menos, está por dentro das tretas que estão rolando dentro da casa mais vigiada do país.

Como é o caso deTata Werneck. Neste domingo, 31, a apresentadora usou seu Twitter para conversar um pouco com os internautas sobre o jogo.

“BBB tem regras claras: não gosto, elimina. Ninguém aqui fora é impecável. Nem eu, nem você. Ninguém é perfeito. Todos tem direito de recomeçar. Se não gostamos, vamos eliminar. Mas, cancelar a vida de alguém, só Deus. E, Deus não faria isso”, começou.

“E, acho meio surreal artista despejar ódio em quem tá lá. Qualquer artista tem medo de ser massacrado”, disse em seguida. Ao final deste post, a mãe de Clara Maria ainda acrescentou um comentário típico seu: “Gente, foi mal. Tô falando demais. Pode ser fome”.

A humorista não parou por aí. “Mas, também acho surreal artista que tá aqui fora falando mal de quem tá lá dentro. Porque o medo de ser massacrado é o mesmo”, falou.

Uma internauta decidiu responder um dos posicionamentos  dela. “Concordo com você sobre todos sermos imperfeitos. Mas, sobre quem tá aqui fora não poder se posicionar e falar o que tá achando já é forçar a barra. O conceito do programa é esse”, argumentou.

Ao que a esposa de Rafa Vitti se esclareceu: “Não tô falando isso, não! Tô falando pra não destruir a vida de alguém aqui fora. Lá dentro sabiam que seriam julgados. Jogo é jogo. Toparam e sabiam. Mas, tem gente querendo destruir a vida das pessoas aqui fora. Vi gente falando coisas do Lucas [Penteado] que dão medo”, concluiu.

Veja: