Yasmin Brunet abre o jogo sobre ansiedade e choca os internautas com revelação

Modelo fez uma brincadeira de perguntas e respostas com os seguidores

CARAS Digital Publicado quarta 13 fevereiro, 2019

Modelo fez uma brincadeira de perguntas e respostas com os seguidores
Modelo disse que já usou medicamentos para controlar os sentimentos - Reprodução/Instagram

Yasmin Brunet resolveu abordar alguns temas com dúvidas de seus seguidores do Instagram. No decorrer do bate-papo, diversas situações vieram à tona, tanto questões pessoais, quanto profissionais. Só que uma das perguntas que chamou bastante a atenção de todos foi sobre uma curiosidade bem peculiar, que poucas pessoas sabiam.

Por mais que a modelo transmita uma imagem extremamente plena, devido a sua beleza e cuidados com a qualidade de vida, ela fez uma revelação que surpreendeu a todos. Quando questionada sobre ansiedade, a atriz disse que já passou por fortes crises devido a algumas características próprias dela e isso reflete até hoje em alguns sentimentos que transmite no dia a dia.

Sem esconder a verdade e sendo o mais sincera possível, Yasmin disse que chegou a ser medicada para controlar um pouco mais os instantes que chegavam a assustar.  Por mais que tenha melhorado bastante do que era, a jovem contou que ainda tem que lidar com algumas crises.

“Muito. Ainda tenho crises de ansiedade. Já passei por um período bem ruim aonde tive que ser medicada, mas hoje não tomo mais nada. Tento controlar meus pensamentos e separar esses medos da realidade… por mais que seja difícil”, pontuou a musa.

Não é a primeira vez que a celebridade traz algumas situações inusitadas para os seguidores. Em uma conversa com os fãs, também no Instagram, Yasmin já disse que seu primeiro contato com o tabagismo foi super cedo, aos 13 anos de idade. Porém, ao pensar um pouco mais em seu bem-estar e qualidade de vida, decidiu abandonar o vício, logo que parou de comer carne.

“Parei de fumar cigarros porque eu tinha acabado de virar vegetariana por amor aos animais. Me questionei por que não tinha esse amor-próprio para deixar de fazer algo que me fazia tão mal. Por isso parei do dia para noite. Foi difícil, mas graças a Deus hoje em dia não consigo nem sentir o cheiro do cigarro que me dá asco e dor de cabeça na hora”, disse ela.

Último acesso: 30 Nov 2021 - 06:44:51 (313276).

Leia também

TV CARAS