CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Bem-estar e Saúde / SOROTERAPIA

'Soro da beleza' também tem sido um forte aliado na rotina dos atletas; entenda

Em entrevista à CARAS Brasil, o médico João Marcello Branco explica que o tratamento, uma suplementação administrada na veia, tem agradado atletas

A soroterapia é uma suplementação administrada na veia - Freepik
A soroterapia é uma suplementação administrada na veia - Freepik

Com a correria do dia a dia, o influenciador digital e empresário Agustin Fernandez se rendeu a soroterapia, um tratamento que ganhou popularidade entre celebridades e entusiastas da saúde. Os preços começam em torno de R$ 200 e vão até R$ 1 mil a sessão. Em entrevista à CARAS Brasil, o médico João Marcello Branco, especialista em medicina desportiva, que tem sido um forte defensor da técnica, explica como ela tem ajudado, também, os atletas.

A soroterapia consiste na administração intravenosa de um soro enriquecido com nutrientes específicos, adaptados às necessidades individuais de cada paciente. “Na primeira sessão de soro, já senti um alívio imenso. No meu caso, o de gerenciamento do estresse. Hoje, faço não só para ansiedade, estresse e fadiga, mas também pretendo fazer para o fortalecimento de massa muscular e reposição de alguns nutrientes”, diz Augustin.

Médico afirma que o 'soro da beleza' também tem sido uma forte aliada na rotina dos atletas; entenda
Influenciador Agustin Fernandez, a nutricionista Renata Branco e o médico João Marcello Branco - Arquivo Pessoal

O especialista explica que a soroterapia oferece benefícios além do combate à ansiedade, como fortalecimento muscular e reposição de nutrientes essenciais. Ele destaca a importância de adaptar o tratamento às necessidades individuais de cada paciente, garantindo resultados eficazes e seguros.

“Se a gente quer uma terapia para a melhora da queima de gordura, a gente coloca alguns aminoácidos que derivam vias metabólicas para melhorar a mitocôndria. A gente faz também para quem tem um consumo energético muito intenso, que, às vezes, o atleta não consegue repor somente com o alimento aquilo que ele necessita para sua alta performance”, explica. Então, a gente coloca alguns aminoácidos e alguns minerais essenciais para a questão de imunidade, para a questão de melhorar também a regeneração do músculo”, emenda.

João Marcello destaca ainda que alguns aminoácidos são responsáveis pelo estímulo de aumento de síntese de DNA dentro do músculo, como atletas usam muito também. “É comum que a gente use para o grupo dos atletas que estão habilitados a usar, que estejam fora do grupo dos pacientes, ou atletas que fazem exame de dopagem que não podem usar soro. A gente está habilitado também a auxiliar nesse sentido, para manter a performance com saúde”, fala.

A soroterapia é indicada mediante um exame de individualização terapêutica. Principalmente, quando é detectada uma deficiência. Então, segundo o médico, ela é contraindicada quando tem algo que extrapola a necessidade.

"Tem os profissionais que são responsáveis e fazem aquilo que é adequado; e aqueles que estão fazendo aquilo que é over, entende? Na verdade, não tem contraindicação. A soroterapia é exatamente para suprir uma necessidade que a pessoa tem, que não está sendo suprida pela suplementação oral. Essa questão de contraindicação é só para quem vende, para quem faz e extrapola a necessidade do paciente”, salienta.

“Não tem como ter contraindicação. Exemplo, uma alergia. Não tem contraindicação extrema porque pode causar efeito adverso (...) Até porque, o que a gente coloca ali são vitaminas, minerais, aminoácidos que são essenciais, aquilo que o organismo precisa para um pleno funcionamento”, finaliza.

João Marcello Branco - Vinte anos de atuação prática em atendimento ambulatorial em emagrecimento e alta performance; atuação na base de formação em atletas que hoje são destaques de alta performance no MMA, futebol, vôlei de praia, jiu-jitsu, natação, triathlon; atuação em cursos de formação de Combatentes de Linha de frente as Polícia Civil – CORE; e membro do corpo técnico da Clínica HE performance RJ/Barra da Tijuca.