Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

A saudável rotina de Maldonado

Ao canal bem-estar, Patricia Maldonado revelou detalhes de sua rotina saudável que é baseada em boa alimentação, exercícios e ‘escapadinhas’ sem culpas. Confira!

Redação Publicado em 12/09/2011, às 11h54 - Atualizado em 08/08/2019, às 15h43

Patricia Maldonado volta às telinhas no segundo semestre - RENATA D'ALMEIDA
Patricia Maldonado volta às telinhas no segundo semestre - RENATA D'ALMEIDA

Não é fácil administrar uma vida de trabalho, família e amigos sem cometer alguns pecados que depois pesam - e muito! - na hora de subir na balança.

Sabendo disso, a bela Patricia Maldonado (36), jornalista e apresentadora da Band, que ainda é esposa de Guilherme Arruda (35) e mãe da pequena Nina (1), mantém uma rotina que concilia a correria do dia a dia e hábitos saudáveis ideais para a mulher moderna.

Tudo começa com uma alimentação bem balanceada. “Durante a semana procuro caprichar na salada, legumes e frutas (orgânicos) e como muito arroz integral, peito de frango, purê de batatas - meu prato mais comum”, conta, em entrevista à CARAS Online.

A apresentadora tenta seguir à risca o cardápio, ao menos durante a semana, para poder dar uma ‘escapadinha’ no final de semana. “Aí eu como um sanduíche com batata frita, umas empanadas, um chopp com os amigos! Ninguém é de ferro, né?”, brincou.

Para Maldonado, uma alimentação tem ainda que caminhar junto com exercícios físicos diários. Ela contou que sempre reserva um horário que tem livre para se dedicar à prática. “Sempre faço exercícios pela manhã. Às vezes vou na academia ou então vou ao parque, depende muito do clima. Depois, almoço e vou trabalhar”, acrescentou.

Outra dica da bela é fugir de jantares e daqueles atraentes happy hours com amigos ou com o pessoal do trabalho em dias da semana. “Aliás, essa é a minha principal dica! Evitar comer besteira de segunda a sexta”. Caso a proposta seja inegável, Patricia aconselha tentar resistir ao máximo ao couvert, frituras e álcool. “Ainda assim, se for inevitável, encarar tudo sem culpa, porque a culpa ajuda a engordar (risos)”, finalizou.